Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

02
Nov06

Amigos

eva
2 de novembro de 2006

Um amigo de outro. Aquela amizade de confiança simples.
Daquelas coisas de oportunidade. Tudo é bom até prova em contrário.
Da parte do primeiro, a facilidade da conversa de quem não tem nada a esconder.

Tanto fala do tempo como da família.
Sempre na confiança do dia-a-dia, da compreensão por semelhança.
Na semelhança de culturas, sociabilidades, princípios, etc.
O outro, menos falador das suas coisas e tentando sempre observar o primeiro, em todos os pormenores.

Horários, referências de emprego, da família, da morada, do telefone, dos hábitos de todos lá de casa.
Enfim, conversa sãs e malsãs. Conversas sem finalidade e conversas com interesse.
Chegam as férias e, nessa altura, afastam-se por força das circunstâncias e as conversas deixam de existir.
O povo diz, com toda a sabedoria, que a verdade vem sempre ao de cima.
Qual não é a surpresa do primeiro, ver o amigo a revistar-lhe a casa. A revistar-lhe as coisas.

De espanto em espanto, acaba por perceber e confirmar os modos familiares do amigo serem tão diferentes do que parecia e dizia.
Afinal, quão diferentes são. Quase extremos.

O mal-estar instala-se com a desconfiança crescente.
Os budistas falam das egrégoras e das suas energias, bem ou mal administradas.
Muito razoável essa ideia e, na nossa companhia, devem estar pessoas bem conhecidas.

Os piores encontros são os que melhor parecem se não forem analisados com paciência e prudência.
Famílias podem ficar em risco. Não há idade para seleccionar.

Os amigos são-no na prova das situações felizes e das infelizes.
No rodar dos tempos, anos até.
A amizade é um bem precioso a preservar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D