Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Esta viagem chegou ao fim

. Tranquilidade e paz

. A cada um suas escolhas

. Quando os elementos se en...

. Ficar só

. Caminhos

. Ajudas

. Conviver

. Violetas

. Outro tipo de império pos...

. Famílias

. Modos de ver

. Há dias assim

. Emoções e relações

. Simbolismos

. Tudo tem importância

. Hábitos e mudanças

. Juventude em viver

. Olhares

. Dúvidas e perguntas

. Fátima, lugar de devoção

. Coisas bonitas que alegra...

. Estudantes e queima das f...

. O nosso planeta reflete o...

. Como as flores

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links

Sábado, 27 de Novembro de 2010

O som do silêncio

- h! Sim!...

- …

- Pois, efectivamente!...

- …

- Humm…

- …

- Uff! Que cansaço este não falar!

- ??...

- Pois é isso mesmo. O não falar provoca uma catadupa de pensamentos que podem fazer estoirar a cabeça de uma pessoa. Pois!

- ??...

- Não aguento este som constante!

- ??...

- Exactamente, afinal sabes o que é!

- !!...

- Ora aí está, é isso mesmo – o som do silêncio! Digo-te que é atroz e nem toda a gente o suporta. A maioria fala para o abafar e abafar os pensamentos que não param nunca; pelo contrário, tornam-se uma torrente incontrolável. Ah! É isso que se pretende? Controlar também os pensamentos? Uff!...

- Hoje está um dia lindo!

- Falaste? Ah! Apenas para dizer algo agradável? Isso é irreal no dia-a-dia, pois se até nos pagam para corrigir outros trabalhos, imagina conseguir dizer só o que é agradável. Hã? Dizer sempre tudo do modo mais educado e agradável possível? Humm… pois, pois… será… um dia será assim para mim.

 


publicado por eva às 00:34

link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De blue a 27 de Novembro de 2010 às 10:52
O teu diálogo, Eva, fez-me lembrar alguns dos meus jantares com colegas de trabalho. Vou utilizar a palavra " blue" para não dizer o meu nome...

Há pessoas que não se calam um segundo e como se não bastasse, acrescentam na brincadeira: "Cala-te Blue!" ou "Ainda hoje não ouvi a Blue...", "Será que a blue está cá?"; "Hoje a Blue ainda não disse nada..."

Em primeiro lugar, estamos face a uma refeição, eu era tal e qual como a minha mãe: preciso de saber o que estou a comer...!
Depois, detesto falar de trabalho enquanto como.
Terceiro: mas há alguma hipótese de intervir no meio da cacofonia de quem só se ouve a si próprio?
A forma de me salvar é virar-me para mim abstraindo-me do resto, mas como ninguém pode ver ninguém no silêncio, ZÁS, ei-los todos a querem obrigar-me a falar! O mais curioso é que consideram ser uma obrigação e obviamente que a inibição perante tal insistência só pode aumentar.

Escusado será dizer que se a conversa for de partilha de coisas interessantes, eu sou a primeira a estar em sintonia. Claro como água!

Não imaginas o que eu em certas alturas dava para que as pessoas se calassem!

O silêncio da neve é delicioso, mais ainda o é aquele junto aos lagos, rios, mares, oceânos, planícies, noites estreladas e afins. As experiências de silêncio saudável atiram-nos para uma dimensão ímpar!

Percebi que para uma grande maioria o silêncio não existe e o único de que são capazes, é o de escutar o "barulho dos talheres" quando uma relação acaba. Nessas alturas falta-lhes a voz, a garra, a determinação, obrigam-se a um silêncio por cobardia e depois, falam, falam, falam onde não deviam.

Meu Deus, como estás certa quando utilizas as palavras "educação" e "agradável"!!!

Aguardo, como tu, essa iguaria!

Hoje bifurco os meus çç

ç vê-se que tenho andado a jantar fora

ç obrigada Eva!



De eva a 29 de Novembro de 2010 às 23:34
Curioso o referires a tua mãe. A falar verdade foi com a minha mãe que aprendi a falar "socialmente". Ela era uma especialista em fazer derivar a conversa para temas inócuos que não provocassem polémica à mesa. Teve o azar de lhe sair esta filha na rifa que de cada vez que abria a boca era para dizer o que era e não o que talvez fosse. Coitadinha, muito passou ela comigo. Foi só muito mais tarde que percebi a importância do que ele me tentou ensinar. Hoje sou capaz de imitá-la razoavelmente mas isso só me ajuda a treinar cada vez mais o tempo de silêncio. Tenho tempo estipulado para estar a sós comigo mesma e é das horas agradáveis do dia. Ao longo do tempo apercebi-me que as pessoas têm medo, algumas têm mesmo horror, em ouvir-se a si próprias. Chegam a não suportar os seus pensamentos quando estão caladas. Tenho a sorte duma família muito equilibrada nesse aspecto. Entre os que falam mais e os que quase não abrem a boca, fica uma boa média estatística.
Mas o silêncio saudável é uma dádiva que temos de aprender a conquistar.

Ç pouco silente


Comentar post

. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds