Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

10
Jun12

Chama trina

eva

oração

Órgão, músculo

Câmara secreta e espaço

De uma centelha de luz.

Coração

Ligação Divina

Reunião da física e da espiritualidade.

Coração

Amor, compaixão

Ódios e horrores

Paixão e caridade.

Coração

Uma chama trina em nós

Amor, sabedoria e poder da fé

Que movimentam nossa vida

Transformam e transmutam

Emoções, sentimentos.

Coração

Ligação Divina

Reunião da física e da espiritualidade.

09
Jun12

Aprender pela vida fora

eva

-  tão bom saber responder, entender as coisas da vida, compreender…

- E, se calhar, ainda melhor é saber questionar. Porque se puderes questionar é sinal que tal assunto te interessa, que pensaste nele e que concluis algo. Nem que seja a conclusão de precisares saber mais sobre o tema.

- Pois, pois!

- Sem dúvida que é gratificante poder responder a si mesmo e aos outros. Poder pensar e repensar até encontrar a solução ou o esclarecimento que precisa.

- Pois, pois!

- O ensino, a escola tem isso em mérito e a seu favor. Pena as deturpações fáceis que se lançam tão relaxadamente ao ar. Pena maior a quantidade de outros que as aceitam ainda mais facilmente, como se fossem leis óbvias.

- Pois, pois!

- E, posto isto, vamos para as aulas.

- E já vamos tarde…

- O facto de já sermos adultos e de família constituída não nos tira o valor de querer mais instrução e assistir a mais aulas, pretendendo sempre aprender mais, pela vida fora, ora!

- Pois, pois!

08
Jun12

Diferentes níveis de entendimento

eva

omos o que somos.

O planeta que habitamos é para estar limpo e arrumado como nossa casa, nosso quarto.

Assim deve ser desinfetado e cuidado com extremo amor.

A nossa dignidade deve espelhar-se nele de modo amoroso.

Deixemos para trás os lucros pérfidos, os horrores de cavernas e outros primitivismos.

Sempre que haja novas tecnologias que o possam melhor preservar, assim devem ser estabelecidas, e em comum, entre todos os países e intervenientes.

A fome, a guerra, a escravatura e demais abusos entre seres humanos deverá ser classificada como merece e ser desenraizada ou, melhor ainda, completamente sarada.

Então, em comum acordo de estruturas civilizadas de alimentação, higiene, segurança e preservação estaremos finalmente a construir a nossa felicidade em um paraíso.

- Ok. Concordo e depois…

- Depois é preciso chegar a este estado da evolução humana, a que apenas alguns, poucos ainda, vão atingindo. Estamos em diferentes níveis de entendimento, mais do que em diferentes níveis de interesses.

07
Jun12

A vida, como a morte, são ocasiões de melhoria

eva

- abes do moço? Ele está muito mal, ligado às máquinas e já desenganaram a família.

- Ohhh! Era tão simpático, não fazia mal a uma mosca

- Pois, pois. Mas fez mal a ele mesmo.

- Hã?

- Pois é como te digo, fez mal a ele mesmo ao perder a esperança e o gosto pela vida.

- Natural, a vida dele era um caco!

- A vida é uma oportunidade preciosa de correção em nós mesmos, de ultrapassar erros passados em contínua transferência de virtudes. A vida, como a morte, são ocasiões de melhoria de nível na eternidade do nosso ser.

- Tens um modo diferente de aceitar as coisas. Ele não tinha nada de nada, nem família, nem dinheiro e a saúde foi abaixo também.

- A saúde foi abaixo por depressões contínuas.

- Ou foram as depressões que o deitaram abaixo?

- Bem, há sempre, e pelo menos, dois modos de entender as coisas. Estamos no reino da dualidade ou, para muitos, no purgatório…

- Credo! Isso é escatologia.

- Nem tanto, porque está incluída a ideia de inúmeras possibilidades de mudança para melhor… e melhor… até atingir os mais belos céus…

- Oh céus! - digo eu.

06
Jun12

Morte, nascimento

eva

ortas, portais. Dimensões entre-dimensões.

Vivemos, estamos. Estabelecemos nossos propósitos.

Observamos e fazemos. Construímos?

Que fazemos de nós?

- Este é o trabalho para a próxima aula. Boas conclusões!

- Gostava de saber como vou pesquisar isto tudo…

- Ora, é só ires à net.

- Mas tem lá de tudo!

- Pois tem, e depois é só escolheres. Acho fácil!

- Eu não, fico baralhado e às tantas já nem sei qual é o tema que procuro.

- Isso também me acontece, por isso vou anotando, em bloco, o que vou encontrando de interesse, formulando os títulos…

- Olha, se pudesses ajudavas-me nesse teu método, até porque não consigo ter nenhum.

- Encontramo-nos lá na biblioteca se puderes, e se levares o portátil podemos fazer logo as pesquisas. Tu farás uma parte e eu a outra. Depois é só carregar os dados e…

- Já está combinado, às 4 se der para ti.

- Combinado, assim parece mais fácil não é?

- Sim, dividindo, ou melhor, partilhando o tema os resultados são mais úteis e rápidos.

- Só é preciso arranjar um bom grupo.

- Pois claro, só em bom entendimento as coisas resultam…

05
Jun12

Juno, Junho

eva

unho

Em homenagem a Juno

Símbolo de tanta emoção humana

De perfídia

Como de amor ferido

Retrato de família

Entremeada de falsidade e verdade

Deveres sem dignidade

Fera ferida

No íntimo do amor

Transformado em desamor

Em dever e obrigação

Amor infeliz

E enlaçado por Juno

Ou feliz

Por nós mesmos.

03
Jun12

Manhãs de domingo

eva

anhãs de domingo

Que são?

São descansadas

Maratonas ou rotinas instaladas

Manhãs de domingo

São festivas e de surpresas

São calmas ou confusas

Manhãs de domingo

São dorminhocas e prazerosas

Ou de trabalho à espera do dia de folga

Manhãs de domingo

São iguais às dos avós

Ou vão mudando

Na constância do imprevisto

Da mudança in continuum

Manhãs de domingo

Somos nós a mudar com elas

Manhãs de domingo

Sempre renovadas e diferentes

De geração em geração

Manhãs de domingo

São diferença em recordação.

02
Jun12

Creio, acredito, sonho

eva

reio

Que há felicidade

Que também é possível ser feliz

Sentir no âmago a felicidade

Creio

Que há boas-venturas

Que todos também

Poderão usufruí-las

Acredito

Na capacidade de cada um

Para alcançar algo melhor

Sonho

Que um dia será possível

Sentir

A felicidade em todos

A felicidade

O progresso do planeta

E de todos os seres

Que aqui vivem

Que aqui viverão

Creio – acredito – sonho

Sempre o melhor

E talvez…

O mais auspicioso se cumpra.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D