Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Esta viagem chegou ao fim

. Tranquilidade e paz

. A cada um suas escolhas

. Quando os elementos se en...

. Ficar só

. Caminhos

. Ajudas

. Conviver

. Violetas

. Outro tipo de império pos...

. Famílias

. Modos de ver

. Há dias assim

. Emoções e relações

. Simbolismos

. Tudo tem importância

. Hábitos e mudanças

. Juventude em viver

. Olhares

. Dúvidas e perguntas

. Fátima, lugar de devoção

. Coisas bonitas que alegra...

. Estudantes e queima das f...

. O nosso planeta reflete o...

. Como as flores

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links

Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Tu e eu

h! Ai! Ui! Ah! Oi!

Um espinho

Uma graça

Tu e eu

Oh! Ai! Ui! Ah! Oi!

A vida

A morte

Tu e eu

Oh! Ai! Ui! Ah! Oi!

O desgosto

Alegria estonteante

Tu e eu

Oh! Ai! Ui! Ah! Oi!

A natureza

O isolamento

Tu e eu

Oh! Ai! Ui! Ah! Oi!

Os sons e melodias

A surdez e o silêncio

Tu e eu

Oh! Ai! Ui! Ah! Oi!

A mente

A consciência

Tu e eu

UM

Oh! Ai! Ui! Ah! Oi!

 


publicado por eva às 00:54

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 20 de Abril de 2011

Flores da mente

olhas e flores

Folhas sem flores

Flores da mente

Pensamentos em flor

Emoções floridas

Sentimentos perfumados

Sublimidade no ar

Sublimidade percebida

Ser que se enaltece

Elevação do ser em flor

Folhas e flores

Flores da mente

A mente em flor.

 


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 19 de Abril de 2011

Linguagem universal

- igo que o toma lá é linguagem universal.

- Digo-te que não. Há gente séria em todo o lado.

- Não tem a ver com seriedade mas reconheço que também não sei dizer porque é assim.

- Queres dizer que há sonoridades linguísticas que são universais?

- Não sei se será assim… Vê por exemplo a palavra amor, que é igual em português e castelhano, mas diferente de amour em francês, love em inglês, amore em italiano, liebe em alemão, etc. Logo aqui em meia dúzia de comparações tens apenas duas iguais. O resto são sonoridades e escritas diferentes. E todos percebem o significado mesmo sem conhecer as línguas.

- Será que te referes à entoação? Aos gestos que acompanham as palavras?

- Talvez… mas parece que é mais um significado intuitivo. À semelhança do que acontece com as palavras desagradáveis – são entendidas em qualquer língua.

- Pois, pois! Olha, estou cansada e vou sentar-me.

- Vamos sentar e descansar, sim. Depois podemos ir a pé para casa, devagarinho.

- Isso! Ainda bem que falamos a mesma linguagem que assim é mais fácil e sem dúvidas.

- Um dia falaremos apenas pelo pensamento.

- Credo, não sei se quero tal coisa!

- Pronto, descansa então agora um bocadinho. A seguir voltamos a casa.

- Isso!

 


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 18 de Abril de 2011

Os dias da semana

s dias da semana têm uma identificação apropriada ao longo dos anos, até dos séculos.

Hoje, com os turnos e trabalho cada vez mais disseminados e normalizados, as diferenças dos dias não são tanto pelo dia da semana mas pelo dia que é de trabalho ou de folga.

Pelo dia em que se está sozinho ou em família.

Do dia de tarefas obrigatórias ou dia livre de ocupações.

Dos dias e das noites sem horários ou com horários rígidos a cumprir.

- Ou seja, dos tempos mais ou menos livres. Da satisfação de ficar a dormir até acordar sem ser pelo despertador. Simplesmente acordar… hummm… acordando.

- Sim, sim. E de sair porta fora como se quiser… e…

- E de sentir alguma liberdade de movimentos.

- Bem, em tempo de paz todos somos livres q.b.

- Oh! Liberdade no sentido de ficar em casa ou de sair para onde se desejar, sem a obrigação de…

- Como se estivesse em férias!

- Pois! Tal qual! Mas também sei que estas sensações só são assim preciosas pela diferença entre elas. Senão não distinguiríamos umas das outras.

- Lá isso… Adeus.

- Vais onde.

- Vou voltar para a cama porque lembrei que hoje posso dormir mais.

- Mas… já acordaste?!

- E garanto que posso adormecer já !

- Ohhh!

 


publicado por eva às 23:56

link do post | comentar | favorito

Domingo, 17 de Abril de 2011

Chegadas e partidas

Chegamos e partimos

Todos os dias

A todas as horas

O porto foi este agora

Ontem foi outro

Ou o mesmo

Amanhã será o mesmo

Ou outro

E nos vamos modificando

A cada paragem

A cada seguimento

Quando reflectimos

Quando vemos intimamente

O que fazemos

O que somos

O que sonhamos

O que poderemos ser.

 


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito

Sábado, 16 de Abril de 2011

Bom dia

om dia para mim!

Bom dia para ti… e para ti…

Bom dia para o mundo

Bom dia para as flores

Bom dia para os animais

Bom dia para a recuperação

De tudo o melhor

Do pior que melhor há-de ser

Do que ainda não é

Mas será

Do cordeiro de cada um

Que sem balido

Vai em frente

Rumo ao progresso

Direccionando o melhor de si

Bom dia para mim!

Bom dia para ti… e para ti…

 


publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 15 de Abril de 2011

O pulsar da vida

legria – o que é?

Gargalhadas – o que são?

Risos – a que propósito vêm?

Rir é paixão

Amor, sensibilidade

A transparecer por tudo

Por tudo e por nada

Por estar vivo

Por sentir a Primavera

A Primavera da vida

O pulsar da vida

Da vida em nós

Em cada veia

Em cada respiração

Vida, vida!

Vive tu também

O céu azul, o mar azul

A terra seca e húmida

A vegetação em mil tons

Tons da cor verde

Que um dia a chuva

Virá lavar e fazer sentir

Sentir o cheiro da terra

Da terra mãe

Que regularmente

Dos maiores rigores

Tem forças para florescer.

 


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

Maria e José

- le vai chamar-se José Maria.

- Sim, pois a minha mais velha também é Maria José.

- São os nomes principais da Bíblia, não é? Gostaria de lhe chamar Jesus, mas ai! É um nome, para mim, demasiado sublime para dar a outrem, mesmo que seja a um filho.

- E não só, iria chamar excesso de atenções.

- Mas acho bem que outros tenham a coragem de dar esse nome aos filhos.

- É mais a questão de interpretação. Os bebés são todos angelicais e por isso pode dar-se calmamente esse nome a qualquer um.

- Pois, é verdade. E em adultos o nome continua a ficar bem.

- Engraçada esta mania de dar nomes bíblicos aos filhos.

- Alguns são mais actuais que outros…

- Creio que é um bom costume.

- Pelo menos não parece ser prejuízo de ninguém.

- Lá isso!

- Acho que os pais ao darem esses nomes se preocupam com os filhos que nascem e querem que esses padroeiros os cuidem, não será assim?

- Talvez… o que importa é que sejam nomes por razões boas, porque as palavras têm energias próprias e os filhos não conseguem optar à nascença pelo nome que gostariam de ser chamados.

- Lá isso! Ora, é a minha vez. Pois venho fazer o registo de meu filho, diga-me lá o que é necessário… Olhe tenho tudo, até o filho [risos]!

 


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

O tudo e o nada

stamos aqui todos juntos.

Todos esperamos algo.

Algo que ainda está indefinido para muitos.

Para outros é algo conhecido.

Ou perfeitamente reconhecido para outros mais.

Todos vamos esperando esperançosamente que os dias sejam melhores.

Melhores para nossos anseios.

E muitos dizem que isso é impossível.

Tantos dizem, como outros tantos, que tudo é possível.

O tudo e o nada, afinal o que são?

Exageros da humanidade!

 


publicado por eva às 12:56

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 12 de Abril de 2011

A nossa subida

ubimos!

P’ra onde, não vejo

Mas não há nada ali

Dizes que sim

Mas não vejo

Nem percebo

Dizes que sim

É subir

Subir sempre

É nas alturas que estás

Que está o caminho certo

A desambiguação

A unidade enfim

Então porque não o fazemos

Naturalmente

Porque esquecemos como

Porque nos agarramos

Aos porquês e ses

Porque nos ligamos

Sem perceber

A que damos atenção

Que não merece

Falhar a elevação

A nossa subida

Mas não vejo

Nem percebo

E tu dizes que sim

Que é só subir.

 


publicado por eva às 18:56

link do post | comentar | favorito

. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds