Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

20
Set08

Emoções

eva

Eles chegaram de viagem. Da viagem de recreio e férias.
Eles, e os outros passageiros, chegaram com ar estafado ao aeroporto.
Só a tripulação tinha ar de quem ia começar novo dia – e foram eles os que estiveram bem acordados a conduzir o avião e a tratar das acomodações dos passageiros.
Começaram os relatos das peripécias por que passaram, numa viagem que pretendiam plena de novidades.
Correu tudo bem e se calhar por isso, o olhar da memória continuava por lá.
Lá, naquelas terras distantes das areias quentes, quentíssimas.
Eles voltaram e ainda não sabem, mas a viagem é que veio com eles.
Eu olhava-os e via as paisagens de lá.
Eu ouvia as aventuras e já as tinha visto instantes imediatamente antes, quando assomaram no seu pensamento.
Eu via-os nestas roupas e naquelas… as outras.
Via-os ali e não estavam só ali – estavam lá.
Lá, onde, afinal, ficaram as emoções.
Perguntei se as paisagens não tinham deixado lembranças fortes na mente.
Responderam que talvez, porque era tudo muito diferente do habitual.
Bem, então são as impressões fortes que fazem a diferença e deixam estas marcas.
.
.

.
Michel Roudnitska (Imagem retirada da net)

.

.
Disse  Jessamyn West:  A ficção revela as verdades que a realidade obscurece !
.
.
19
Set08

Pensamentos-lixo

eva

Borbulhas de picadas de mosquito, melgas e aparentados são «chatas!» e perfeitamente torpes.
Dão-nos comichão em todos os lugares em que se alojam e seja onde for que estejamos.
Para conseguir esses problemas basta estar em lugares públicos ou apanhar com poeiras.
Entre as ferroadas e as reacções alérgicas da pele, que se propagam rapidamente, surge o desassossego e uma ida urgente ao hospital.
Um desassossego torpe que nos mostra as nossas limitações físicas...
De vez em quando há um médico a fotografar as zonas infectadas com todo o cuidado e concluímos, mais uma vez, a prodigalidade da «mosquitagem» (mais um termo que não existe!) no Verão.
- Eu, só de ver, já me sinto em semelhança… Estes sentires são autênticos lixos mentais que urge limpar – como qualquer lixo.
- Queres dizer, ir dar uma volta longe, longe.
- Não, quero dizer para, calma e pacientemente, enfrentar os pensamentos-lixo, colocá-los numa mesa de análises e corrigi-los o melhor que se puder.
- Não estás a confundir os métodos? Os pensamentos ainda não são bactérias nem quaisquer outros produtos de laboratório.
- Talvez sim, talvez não. Escolhe a resposta.
.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Bill Watterson:  Interrogo-me qual a razão porque pensamos mais depressa do que falamos. Possivelmente é para podermos pensar duas vezes !
.
.
18
Set08

Cumprimentos

eva

Doces, rebuçados, candies para outros.
Fazem mal, são caros mas… sabem tão bem!
Hoje apetece, por isto ou por coincidência, fazer um bolo.
- Oh, mas não há tempo.
- Dos simples, daqueles que se misturam os ingredientes todos duma vez.
- Nem desses, porque hoje é dia de fazer visitas aos mais velhos.
- Àqueles que não têm nenhuma?
- A todos os que pudermos falar e conforme os encontrarmos. Estão sós, mas também já se habituaram à solidão.
- Solidão não é abandono.
- Sim, mas eles têm um pouco das duas coisas. E o abandono é o que mais dói. Sabes que encontro regularmente dois idosos que me agradecem o estar a cumprimentá-los? Um simples «passou bem»?
- Que queres dizer?
- Quando os cumprimento dizem-me obrigado(a).
- Porquê?
- Porque quase ninguém vai ao seu encontro para lhes falar.
- Que tristeza!
- A maior parte das pessoas não repara, nem se apercebe disto. Durante anos também não percebi! Felizmente já os vejo e ainda posso dirigir-me para os cumprimentar.
.
.

.
Fotograma do filme "Para Além do Horizonte"
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Friedrich Nietzsche:  Não há factos, apenas interpretações !
.
.
17
Set08

O Sol

eva

O Sol tímido assoma.
Pouca ou muita luz, quando é do Sol é alegria e força que vivifica tudo e todos nestes climas temperados.
O Sol é a tonalidade luminosa das cores, é o cintilar dourado das atmosferas.
O Sol é luz – pronto!
(E hoje há tantos com alergias à luz solar! – incógnitas para desbravar)
Se conseguíssemos trazer sempre acarinhada e iluminada a nossa luz, a nossa centelha, quantas coisas belas faríamos…
Quanto equilíbrio sentiríamos nessa leveza de emoções?
- Leves como se voássemos nos parapentes, asas Delta, ultra-leves?
- Bem… talvez. Mas não era bem isso que estava a pensar.
- Mas olhe que a aula ganhou outra luz também.
- Ah, foi?
- Foi, pois! Foi a luz do interesse. Os desportos radicais também dão luz – um pouco mais forte, se calhar. Porque, se percebi bem, todos seguimos a luz, ou a atracção natural para evoluir. Chamuscados ou não, todos seguimos a luz do Alto.
.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Miguel de Unamuno:  A palavra sábia é aquela que, dita a uma criança, é sempre compreendida sem a necessidade de explicações !
.
.
16
Set08

Distorções

eva

Distorções de imagens. Há sempre, de modo que não se consiga ver com pureza.
As distorções fazem que tomemos dimensões erradas por exactas e resolvamos problemas que não têm solução porque, simplesmente, não existem.
As conclusões, por arrasto, acumulam imagens de erro.
De modo semelhante à álgebra, no meio disto, conseguimos mudar os sinais de tal modo que o resultado até coincide com o resultado real.
- São as coincidências coincidentes…
- Ou a margem de erro.
- Queres dizer que a realidade pura não existe para ninguém?
- Isso seria afirmar outra distorção. Mas arrisco o sim! A pureza de imagem não existe para a maioria das pessoas.
- O que as desnorteia?
- As emoções descontroladas ou os raciocínios extremados.
- Queres dizer…?
- Que é necessário a mistura sensata mais o tempo acertado com a verdade.
.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Jane Wagner:  A realidade nada mais é que um palpite colectivo !
.
.
15
Set08

Humildade e serenidade

eva

Humildade e serenidade – duas virtudes que me segredaram.
Devem ser mesmo virtudes, porque neste frenesim do dia a dia, ter alguma virtude é milagre.
Mas é verdade verdadinha que se tivermos a humildade de não responder a provocações, a «desconversa» acaba logo ali, sem mais delongas nem arrependimentos de falar coisas que não são para se falar, ou até, que nem sequer se sentem. São simples palavras que saem numa torrente destrutiva.
- Pois são, e geralmente fazem muito mais estragos que o alívio do «despejar o saco».
- Ás vezes é isso mesmo. Acumulamos ressentimentos que formam uma montanha de azedume.
- E somos nós as principais vítimas, porque esse azedume desliga-nos da vontade de viver e da alegria. Não estão em causa as razões, mas o mal-estar que se constrói – até por estar convencido de ter razão.
- A dignidade não se ofende com as falsas acusações. Ofende-se com as verdadeiras. É preciso, isso sim, estar atento para confirmar se os ressentimentos não são o sentimento do que já fomos.
- Isso, ohh! Tanta vez é isso.
.
.

.
Karen Yurkovich - Open Arms
(Imagem retirada da net)
.
.
Diz um  Provérbio chinês:  Ser pedra é fácil, o difícil é ser vidraça !
.
.
14
Set08

Maria João Brito de Sousa # Mar, Céu e Natureza

eva
.


De quanta coisa neste mundo amares
Ama a centelha viva acesa em ti!
De quantas coisas houver por aqui
Ama-te nos reflexos que encontrares,
 
Pois se te vês naquilo que conheces
O Mundo serás tu e tu o Mundo!
Em verdade te digo que confundo
O próprio Mundo com as minhas preces!
 
Se te encontrares no Céu, na Natureza,
Se o Mar amares serás, com certeza,
Alguém que encontrou já o seu caminho!
 
Serás, então, reflexo da beleza,
Desse estranho ideal que me tem presa,
E nunca mais te irás sentir sozinho!
.

 

de Maria João Brito de Sousa 
in “http://poetaporkedeusker.blogs.sapo.pt/

.
.
.
Disse  Vinicius de Moraes:  A vida só se dá para quem se deu !
.
.
13
Set08

Realidades

eva

O calor da aproximação…
- Qual aproximação?
- Ora, da aproximação das coisas de que temos saudades – da nossa casa, das nossas paragens de autocarro e comboio, dos encontros com os amigos a até da percepção destas recordações.
- Isso serve também para a recordação das vivências. Às vezes utilizamos palavras que não definem tão bem as situações.
- Às vezes é menos assustador não definir as coisas tão bem…
- Isso é não querer enfrentar a realidade.
- E o que é a realidade? Até se diz que a própria vida é uma ilusão dos sentidos, porque o que vimos e entendemos como realidade de todos os dias pode não ser nada disso.
- Incapacidades nossas ou de quem diz? Pelo sim pelo não, digamos então – a nossa realidade.
- Mas a nossa realidade é fácil de enfrentar. O que às vezes se torna mais difícil é enfrentar a outra, e a outra e a outra…
- Ora, aí está o tema – quantas realidades temos?
- Ou será mais correcto, quantas realidades somos?
- Digo-te já que somos a diversidade que quisermos da nossa unidade.
- Tens a certeza?
.
.

.
René Magritte - Le Blanc-seing
(Imagem retirada da net)
.
.
Disse  René Magritte:  Tudo o que vemos esconde outra coisa, e nós queremos sempre ver o que está escondido pelo que vemos !
.
.
12
Set08

Direcções

eva

Areias brancas ou beges da praia.
Desenham-se formas de ondas em relevo, baixinhas e com covas ao meio que vão perfazer o redondo da primeira forma.
Agora aparecem pedras, como vidros pequenos, porque são tão finas que parecem translúcidas.
São todas de cor verde, de um verde-claro e esmeraldino.
Quando o Sol lhes bate ficam meio douradas – talvez por causa da areia onde estão pousadas.
Estas pedras ornamentam as tais covas e as ondulações do areal.
Então, as formas arredondadas ficam ainda mais bonitas e brilhantes.
Quase que formam palavras, na sinuosidade das formas.
- Olha, agora mesmo estão a ficar azuladas – mesmo do azul céu. E mais alongadas – em rectângulos irregulares. Também parecem apontar direcções novas.
- Pois, é assim pela vida também. A natureza está sempre a apontar-nos novas direcções, mas a maior parte das pessoas nem olha à sua volta…
- E porque será?
- Porque ainda não conseguem parar e observar o que os rodeia, nem percebem ainda como pertencem ao todo, sendo uma parte tão simples quanto importante. Mas um dia virá em que todos terão consciência das responsabilidades individuais pela região que habitam e pelo planeta onde vivem.
.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  John Donne:  Nenhum homem é uma ilha, completo em si próprio; cada ser humano é uma parte do continente, uma parte de um todo !
.
.
11
Set08

Dia de encontro

eva

Dia de encontro. Do encontro anual entre vários grupos.
Os grupos são de várias cidades e de cada cidade vem um grupo.
O encontro anual engloba o reencontro de pessoas entre os horários das conferências aprazadas sempre para o evento – ou para a «desculpa» do evento.
A seguir às conferências é o desejado almoço – que vai resvalando das 13 horas para as 14 e tal.
Depois convívios – conversas, dançares ou passeatas por ali perto.
Os encontros rodam ciclicamente pelas cidades a que os grupos pertencem e cada ano um grupo é o anfitrião dos outros.
O sistema está engraçado e funciona nesses intervalos regulares.
O intervalo de um ano gera conversas muito interessantes, cheias de projectos, que refazem o bem-estar íntimo.
A alegria é bem-vinda e as despedidas ficam misturadas, não com a tristeza, mas com os planos do próximo ano, pois então!
.
.

.
Três Dançarinas - Pablo Picasso
.
.
Disse  Ralph Waldo Emerson:  A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a alegria da camaradagem. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você !
.
.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D