Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

23
Fev08

Só ele sabia?

eva
Um corpo destroçado deu à costa, ali mesmo, na areia da praia.
Metade já não existe, só parte do torso e a cabeça.
Mas percebe-se logo que é de mulher.
A cabeça, a cara e o cabelo estão quase intactos. O resto…
Foi um acidente no mar, disseram logo umas vozes.
Foi um suicídio nas rochas, disse uma voz, aos gritos.
Falando alto ou baixo, todos vieram ver e ajudar a tapar o corpo.
Levaram-no num lençol para o hospital resolver o “resto”.
No regresso, os comentários continuavam.
Falaram do aspecto bonito da cara, do horror dos destroços, etc. e, no fim, todos concluíram que o corpo é simplesmente algo que se gasta e destrói. Seja de modo violento ou não.
Um deles, que se tinha mantido calado o tempo todo, falava agora?
- Vocês repararam no coração?
- No coração? Porquê? A bater não estava, de certeza!
Não era o bater!
Eles não viram o coração como ele? Não repararam como o corpo se tornara, de modo intermitente, quase transparente e, nesses momentos, ficava nítido o coração, vivo e a bater e a iluminar o corpo por dentro?
Não repararam que quando isso acontecia, a figura dela, inteira e linda de luz, brilhava dentro “daquilo” que tinha dado à costa?
Ele era o mais velho, mas era assim tão velho que só ele sabia que o amor não morre com o corpo?
E que o amor sublime é assim! Que pulsa eternamente porque ultrapassa tudo – o tempo, o espaço, esta experiência de vida?
.
.

.

Imagem retirada da net
.

.
Disse  Arthur C. Clarke : quando um cientista reputado mas velho afirma que algo é possível, quase de certeza que tem razão. Quando afirma que algo é impossível, muito provavelmente está enganado !
.
.

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D