Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escritos de Eva

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

Escritos de Eva

31
Out07

Profissionais

eva
Hoje em dia, como as pessoas são operadas a quase tudo, chamam pequenas cirurgias às operações mais simples e cujo restabelecimento imediato pode ser em casa.
As cirurgias são já para casos mais graves e o restabelecimento tem que ser no hospital.
Porém, o maior problema está no preço das coisas quem nem sempre é possível pagar.
As quantias são números enormes. Mas são também quantias devidas para pagamento de trabalho, e todos contam desde o cirurgião aos restantes membros da equipa incluindo o anestesista, os equipamentos e remédios utilizados, a marcação e ocupação da sala de operações, o quarto, os necessários exames médicos imediatamente antes e depois…
Enfim, uma lista de coisas com equivalente lista de preços.
Mas, no meio disto tudo, o que mais se deseja é que o resultado seja o melhor possível – sempre!
E a ciência médica está sempre em evolução com pesquisas fantásticas.
Os médicos e o pessoal hospitalar são cada vez mais hábeis e promissores.
Formam uma classe excelente todos os profissionais que se esmeram em trabalhar bem em prol de um melhor futuro para os outros. 
.
.

.
O Médico
.
Sir Luke Fildes
.

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    blue 31.10.2007

    (continuando)

    Após ter esperado um dia para fazer a T.A.C, completamente esfaimada, e segura que tinham lido o seu processo, para além de já ter comentado de viva voz o seu caso específico a uns cinco dos dez ou mais profissionais de medicina que por ali passaram, malgré ça...
    ...vieram-na buscar e com a maior ligeireza passaram por cima de tudo o que era sabido e toca de despachar a T.A.C., não fora a lucidez de quem tem uma vida a preservar, dizer:
    -" Espero que os senhores não se tenham esquecido de que sou alérgica ao contraste e à penicilina..."
    -" Onde é que isso está escrito?" - disseram "os profissionais".
    Resultado: mais um dia sem comer para fazer a preparação para o exame com cortisona.

    Avançando, pois a história é longa, as dores, ali, são medidas de 0 a 10.
    -"Diga lá de 0 a 10, quanto lhe dói hoje...?"
    Se disseres de 6 para cima dão-te mais um "frasco pr'a veia". Se disseres o mesmo três dias consecutivos, tens direito a vários frascos pr'a veia, até a prória paciente dizer:
    -"Olhe, hoje, dói-me 7, mas não quero mais nenhum frasco..."
    E eles seguem para a paciente do lado esquerdo ou direito consoante aquela que berre mais !
    ( parece ser um bom estratagema, berrar, pelo menos alguém se dá conta de que estás no hospital...)
    Fim da história, muito, muito resumida:
    -"Pode ter alta, parece-me que a senhora tem exactamente o mesmo que teve há uns anos..."
    -" Mas a Dra, viu...? - perguntou a minha amiga.
    A pergunta até parecia estranha ou insolente não fora a gaguez da médica:

    -" Eu, eu não vi, mas calculamos..."

    A minha amiga saíu com as mesmas dores com que entrou, fortíssimas, continua a não poder fazer nada e dirigiu-se ao seu médico particular que se limitou a dizer-lhe que ela nunca deveria ter tido alta.
    A minha amiga, pois, continua com as mesmas dores há sete dias.
  • Imagem de perfil

    eva 01.11.2007

    Não há regras sem excepção.
    Só a título de exemplo (um de entre vários possíveis, a título pessoal, entre urgências e não urgências): a caminho duma sala de operações, tive o lampejo de perguntar quem era o chefe de equipa e disseram o nome "que não era". Estavam a levar-me para a operação errada.
    De facto, na generalidade, todos passamos por urgências que nos tratam com diagnósticos errados ou até incoerentes.
    Mas também há uma grande maioria de pessoal excepcional que faz os impossíveis (tantas e tantas vezes, com uma aflitiva escassez de meios técnicos e humanos) para tratar doentes que são completos desconhecidos e que não sabem se são ricos ou pobres.
    São seres humanos que precisam de ajuda médica.
    E eu prefiro enaltecer a virtude sempre que ela exista.
    Más recordações? Claro que quase todos as temos, mas... quem sabe qual o deve e o haver entre umas e outras?
    De qualquer modo, é sempre pena que haja motivos para guardar más recordações.
    Bjs
  • Sem imagem de perfil

    blue 01.11.2007

    Às más memórias estáo coladas vidas...( não se trata de uma má memória de um dia insuportável de calor...).
    Uma coisa é o dar tudo por tudo e não haver nada a fazer, outra, completamente diferente é o estar-se nas tintas...
    Pois, eu tb preferiria enaltecer, mas não posso.

    bjs.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Simpatias recebidas

    @@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema

    ESCRITOS de EVA

    Bem vindos! Namastê!

    Reflexão

    Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

    Arquivo

    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2012
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2011
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2010
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2009
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2008
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2007
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2006
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D