Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Ver para crer

. Do dinheiro

. Tantos mundos por descobr...

. Compras

. Que tudo seja melhor um d...

. A escolha das palavras

. Tudo se interliga

. Alvorecer

. Jalal Rumi # A evolução d...

. O que faz girar o mundo

. Outras realidades

. Conversando

. Um bocadinho do caminho

. Do mundo invisível

. Bom Ano !

. Planeta vivo

. Maria João Brito de Sousa...

. O primeiro portal

. Maria João Brito de Sousa...

. O grito

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. Teilhard de Chardin # O M...

. O nosso pequeno mundo

. Raoul Follereau # Mensage...

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Domingo, 22 de Janeiro de 2012

Ver para crer

er para crer! – frase antiga.

Crer para ver…

Sol, Lua

Céu limpo, enevoamento

Assim vemos o mundo

Todos os dias

Nesta dicotomia

Experimenta concentrar-te no azul do céu…

Na luz do sol…

No som das ondas que chegam finalmente calmas à praia

E vê além de tudo, além de ti!

Aí encontrarás o teu eu unido a toda a luz e o belo que já viste.


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Terça-feira, 19 de Outubro de 2010

Do dinheiro

inheiros… dinheiro…

Hoje o mundo financeiro rege quase tudo, da economia à política, da sociedade à saúde, do indivíduo à família.

Faz já muito tempo encontrei uma pessoa que dizia aos quatro ventos que preferia não ter nada, apenas um ordenado suficiente para viver e pagar as despesas simples.

Hoje as suas palavras fazem ainda mais sentido do que nesse tempo, pois efectivamente as personalidades, geralmente, dobram ao peso do dinheiro que já têm ou por querer terem-no.

Os dias passam a ser uma batalha - triste e enredada - para conseguir reunir determinada soma de dinheiro, poder sentir uma multidão devotada e servil à sua volta para o desfrutarem também e poder fazer uma vida completamente desafogada.

Há também os que precisam reunir dinheiros para suportar as dívidas de saúde e outras maleitas, suas ou de outros que as fizeram e que vão eles pagar.

- Uff! Ainda bem que notas! Para mim bastam as de música e, para mim, o suficiente chega para viver.

 


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 16 de Outubro de 2010

Tantos mundos por descobrir

- anta coisa que escapa à minha mente, tantos mundos por descobrir, por compreender…

Às vezes a ignorância reconhecida é um fardo, outras um alívio porque não seria fácil de suportar. Creio que percebemos o que podemos aceitar e valorizar.

- E o que nos é inútil para o desenvolvimento, não entendemos? – não me parece assim.

- Achas que a nossa mente poderia ampliar-se mais e mais?

- Acho que podemos ser melhores a cada vez, a cada dia e a cada situação. Mais empreendedores, mais conscientes do que somos, do que ainda somos para o objectivo que continuamente vamos delineando para nós mesmos.

- Sempre mais?

- Sempre melhor para nós, em perdão, em amor, em paz e simultaneamente accionar essa melhoria para os outros, para o mundo, para o Universo - nada menos!

 


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Compras

omos fazer compras, das baratinhas mas necessárias.

Bem… não exactamente necessárias, digamos utilitárias.

Gera-se alguma confusão entre estes dois termos, sobretudo se vão servir de razão, ou desculpa, para algo.

Além de que compras são compras e de vez em quando dão uma sensação boa, quando se compra a gosto e não por ser preciso, irremediavelmente.

E, tantas vezes até, esse irremediável não é necessário.

Fomos integrando um mundo de comodidade e higiene que deu lugar a um mundo de gostos e caprichos, por vezes até a um mundo de sentimentos concorrenciais com os amigos.

Necessário – preciso… talvez não… nada mesmo...

Enfim, olhando para a situação de outros que não têm outro remédio senão suportar a falta de condições, ou para aqueles que as escolhem como seu meio de vida para ajudar alguém, obtemos uma noção mais ajustada das nossas necessidades.

- Essas desgraças todas a mim só me dá para sair a correr e mostrar a mim mesma que não estou naquela situação.

- A maioria de nós é assim que reage e depois vai comprando um monte de coisas para o pó, ou para mostrar à vizinhança, à chefia, aos amigos…

- Então – isso tudo é o que somos!

- Se há dinheiro para essa representação, o dinheiro é para ser aplicado e cada um escolhe em quê. O problema surge quando nem dinheiro há para esse jogo de representações, um jogo que não conduz a nada a não ser à ilusão de si e à bancarrota familiar.

- Ai! Tanto exagero! Só fui comprar uns puffs – lindos, por sinal!

 


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 9 de Junho de 2010

Que tudo seja melhor um dia

Onde paira o romantismo? Onde estão os olhares amorosos? O roçar de mãos com emoção?

Onde está o coração amoroso?

Onde paira a emoção boa? A emoção de olhar para o desabrochar primaveril nas plantas, insectos, animais, em nós e por tudo o que nos rodeia, por nós, pela pureza de sentimentos?

Onde ficamos nós quando ouvimos calmamente relatos de raptores e a visão das vítimas é uma simples reportagem?

Onde vamos nós quando o mundo moral é afinal, amoral até entre os da nossa família?

Como estamos nós ante práticas incestuosas de que nem podemos abrir a boca?

Como estão os fusíveis dos nossos nervos, do nosso cérebro?

Como ficamos quando a pureza cede ao silêncio?

Qual é o nosso estado ao fim da vida?

Como se vê a vida nesse caleidoscópio?

Em que cor depositamos as nossas emoções, sentimentos e esperanças?

Esperança de que tudo seja melhor um dia…

Esperança de que o pesadelo seja afinal apenas um sonho com a duração de uns minutos de sono…

Esperança e Fé servem para nos manter sobreviventes e preferir duvidar da própria mente…

- Talvez um café te acorde mesmo e distraia. Hoje, até poderia ser o fim do teu tratamento, sabias?

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 15 de Maio de 2010

A escolha das palavras

prendi… não… estou aprendendo a escolher as palavras que digo.

E elas, agora, já não saem pela boca fora sem me ser impossível contê-las.

As palavras têm sons característicos.

Têm sonoridades energéticas que influem nos outros – aqueles a quem as dirigimos.

E que refluem para nós mesmos – os que as pronunciamos.

Falar baixo ou alto também tem jeitos para a propagação de energias.

Mais entendíveis pela maioria das pessoas ou mais sublimes e perceptíveis apenas para alguns, as energias são um imenso mundo em que nos movemos e vivemos. Ou sobrevivemos.

As energias em nosso redor são como uma neblina… e podem tornar-se opacas se escolhemos palavras infelizes… ou se temos o hábito de dizê-las sem pensar…

A neblina poderá clarear e brilhar… e… vale a pena o esforço!

 


publicado por eva às 20:26

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 17 de Março de 2010

Tudo se interliga

ons e conversas. Olhares e visões coloridas.

Estamos num mundo a cores.
De cores e vida palpitante por todo o lado.
Às vezes ocorrem catástrofes da natureza maior, outras vezes ocorrem destruições do homem menor.
O verde da natureza que soçobra, o verde esmeraldino que transmite esperança.
Todos nos relacionamos, tudo se interliga.
Vivemos em várias dimensões, somos o que pensamos, o que fazemos e produzimos.
Somos responsáveis por séculos e séculos de vivência, seja em grupo alargado ou familiar, seja individualmente ou ambientalmente.
Recolhemos os resultados de tudo o que semeamos, das acções, das palavras, pensamentos e desejos.
Observando o céu, tudo em nosso redor, olhando a força da luz do Sol, antevendo o cosmos – afinal, somos o que apenas ainda somos…
 

publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |  O que é?

Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

Alvorecer

udo em nosso redor vai acordando às primeiras horas da manhã.

Manhã ainda escura, apenas com os primeiros raios de Sol mais adivinhados que visíveis.
É a madrugada que chega, espairecendo o negrume da noite, trazendo novos sentimentos de esperança e optimismo.
É a madrugada em cada um, no seio de cada coração, no enternecimento de cada espírito.
É a madrugada do futuro, dos dias que aí vêm com possibilidades múltiplas de tudo mudar.
Os dias são como puzzles que se encaixam pior ou melhor, trabalhando e descansando para, a cada alvor, continuar na direcção escolhida. E continuar sempre, sempre…
Amorosamente, carinhosamente, tudo se refaz e toma os lugares certos.
Tudo se acerta conforme o que foi designado, neste mundo visível para todos e nos mundos que só alguns outros vêem.
Bom dia!
 

publicado por eva às 00:29

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Domingo, 8 de Novembro de 2009

Jalal Rumi # A evolução da forma

.
Toda a forma que vês
tem o seu arquétipo no mundo sem-lugar.
Se a forma se esvanece, não importa,
permanece o original.

As belas figuras que viste,
as sábias palavras que escutaste,
não te entristeças se pereceram.

Enquanto a fonte é abundante,
o rio dá água sem cessar.
Por que te lamentas se nenhum dos
dois se detém?

A alma é a fonte e as coisas criadas, os rios.
Enquanto a fonte jorra, correm os rios.
Afasta da mente todo o pesar
e sorve em grandes golos a água deste rio,
que a água não seca, ela não tem fim.

Desde que chegaste ao mundo do ser,
uma escada foi posta diante de ti
para que escapasses.
Primeiro, foste mineral;
depois, tornaste-te planta
e, mais tarde, animal.
Como pode ser isto segredo para ti?

Finalmente foste feito homem,
com conhecimento, razão e fé.
Contempla o teu corpo; um punhado de pó
vê quão perfeito se tornou!

Quando tiveres cumprido a tua jornada,
decerto hás-de regressar como anjo;
depois disso, terás terminado de vez com a terra,
e a tua estação será o céu.

Passa de novo pela vida angelical,
entra naquele oceano,
e que a tua gota se torne o mar,
cem vezes maior que o Mar de Oman.

Abandona este filho a que chamas corpo
e diz sempre Um com toda a alma.
Se o teu corpo envelhece, que importa?
Ainda é fresca a tua alma.
.
.
de Jalāl ad-Dīn Muhammad Rūmī
in "Poetas Místicos"
.
.
Disse  Jalal Rumi:  Se eu continuasse a descrever o amor, uma centena de ressurreições passariam e a minha descrição estaria ainda incompleta !
.

.

NOTA: Sobre este tema há aqui um poema semelhante do mesmo autor

.

.


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

O que faz girar o mundo

Amor – ontem, hoje e sempre – é a energia que faz girar o mundo.
Não falamos do amor-paixão, ou instintivo ou animalesco. Falamos do AMOR, da sua pureza e força energética poderosa.
Amor que evita guerras, incompreensões, vaidades, arrogâncias, caprichos e atritos de qualquer espécie.
Amor que promove o bem-estar dissolvendo ódios e qualquer quezília.
Amor que harmoniza e cria os momentos elevados de paz.
Amor que faz sentir uma tal sublimação de nível de vida que, ao ser sentido, ninguém quer deixar de sentir.
Amor que transforma para sempre esse que o sente.
Amor que transforma a saúde e a vitalidade.
Amor que muda tudo em redor.
Amor que muda o mundo.
Se eu mudo por amor, o mundo muda também e eu mesma o vejo amorosamente diferente.
- Se assim fosse…
- Se assim fosse viveríamos num mundo paradisíaco, e não na Terra de hoje. Cabe a cada parte fazer a sua parte e o todo muda na inter-relação com as partes.
- A esperança nunca morre?
- Não pode, não lhe dou autorização para isso!
.
.

.
Imagem retirada da net

 .

Disse  Camilo Castelo Branco:  O amor é uma luz que não deixa escurecer a vida !

.
.


publicado por eva às 21:46

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds