Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Tão simples

. Observa-te

. Eu sou tu

. Doçura no viver

. ‘Tou feliz

. Quem somos?

. Creio, acredito, sonho

. Romantismo

. O eu

. Encontrar a felicidade

. Aproveitar as oportunidad...

. Até logo, cachorrinha

. Agradecer é bom

. Flores e perfumes

. Perfume de flores

. Os dias de aniversário

. Vicissitudes da vida

. Dia de festa

. Somos amados Somos amante...

. Somos felizes?

. Aceitar a vida e viver me...

. Porto seguro

. Feliz de quem sabe o que ...

. Somos felizes, não somos?...

. O simples sentir

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Terça-feira, 26 de Março de 2013

Tão simples

ão na mão

Olhar cúmplice

De entendimento adivinhado

Alegria e bem-estar

É felicidade no ar

Em redor

Tão simples

Mão na mão

Em prece

Uma mão noutra mão

Em romance

Em carinho paternal

Em proteção

É felicidade no ar

Em redor

Tão simples

Mão na mão.

 


publicado por eva às 11:18

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Domingo, 10 de Março de 2013

Observa-te

- u felicito – Tu felicitas – Ele felicita – Nós felicitamos…

- Tudo bem, sabes declinar um tempo verbal e depois?

- Vós felicitais – eles felicitam!

- Humm… Eu felicitava – tu felicitavas…

- Eu felicitarei – tu felicitarás…

- Ai ai! ‘Tou farto disto!

- Não sei porquê, estas palavras têm uma sonoridade linda!

- Humm…

- Pacífica!

- E depois?!

- E depois, esta vibração da sonoridade poderá ser sentida sempre que quiseres, com estas ou outras palavras que, afinal, imprimem alegria ao serem faladas, verbalizadas.

- Ai é só isso?!

- Só?! Fazes ideia de quantas palavras que imprimem tristeza, agonia, se dizem por dia, por nada, mais por hábito que outra coisa?

- Não pensei nisso…

- Então observa, observa-te. E perceberás a quantidade de vibrações baixas em que enredamos os nossos dias.

- Lá vens tu com o mesmo – somos UM.

- Tal e qual!



publicado por eva às 00:58

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013

Eu sou tu

elicidade

Onde estás?

Que posso fazer por ti

Para que venhas ter comigo?

Felicidade

Parece que foges de mim

Quando te encontro

Logo desapareces

Então tudo turva e descamba

Felicidade

Porque és assim para mim?

- Mas eu estou sempre contigo

Eu sou tu

Quando quiseres perceber

O mundo e a vida

 Simplesmente, singelamente…

Sentir-me-ás como verdadeira

 Felicidade!



publicado por eva às 00:04

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2012

Doçura no viver

elicidade

Faz raízes oh! Tão fundas

Que às vezes parecem

Desaparecer

Da lembrança

Capacidade de seguir

Seja como for…

Mas quando algo

De doçura acontece

Rápido como um raio

A memória vai buscar…

Recordar

O bem que houve

Um dia, um instante

E lágrimas puras

Assomam

Todo o ser vibra

Renovadamente

Poderá acontecer

Doçura

No viver…


publicado por eva às 00:26

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 3 de Novembro de 2012

‘Tou feliz

Tou triste

‘Tou não

‘Tou feliz

Dos outros depende…

Nem pensar!

Não deixes que isso aconteça

Faz brilhar

O teu ser

A tua felicidade

Criando boa harmonia

Podendo dizer

Com iluminação

E sempre assim:

‘Tou feliz!


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 20 de Julho de 2012

Quem somos?

elicidade

Esperamos, desejamos, almejamos

Perguntamos e reformamos

O ambiente, as coisas

Os outros

E nós, de nós

Por vezes nada sabemos

Nem sequer nos entendemos

Nem nos procuramos

Nas pequenas coisas que fazemos

Nas grandes coisas que desejamos

No que percebemos e apoiamos

Somos o que sentimos

Especialmente no instante de acordar

Onde estamos?

Que fazemos?

Como nos sentimos?

Quem somos?

Somos quem espera

Deseja e almeja

Tão simplesmente…

A Felicidade!


publicado por eva às 00:25

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 2 de Junho de 2012

Creio, acredito, sonho

reio

Que há felicidade

Que também é possível ser feliz

Sentir no âmago a felicidade

Creio

Que há boas-venturas

Que todos também

Poderão usufruí-las

Acredito

Na capacidade de cada um

Para alcançar algo melhor

Sonho

Que um dia será possível

Sentir

A felicidade em todos

A felicidade

O progresso do planeta

E de todos os seres

Que aqui vivem

Que aqui viverão

Creio – acredito – sonho

Sempre o melhor

E talvez…

O mais auspicioso se cumpra.


publicado por eva às 00:12

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 9 de Maio de 2012

Romantismo

avia um português lá muito, muito longe que tinha uma quinta e todos os animais tinham seu par.

Cada galinha um galo, cada coelha um coelho, etc.

Contudo, ele estava sozinho.

Tinha perdido a noiva e achou que nunca iria encontrar outra que se assemelhasse pois estava convencido que cada um tem o seu par ideal.

Nunca se lhe conheceu namorada sequer, mas vivia feliz fazendo todos felizes com um par dedicado.

- São convencimentos…

- São ideologias e romantismo.


publicado por eva às 00:23

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012

O eu

ós somos o conjunto de nossas crenças, infantilidades, filosofias e religiões.

A personalidade emerge do profundo-eu de antanho e assimila rapidamente novos valores através do conhecimento racional, do sentir repetido e da emoção irracional.

Somos isso tudo e muito, muito mais.

Será tão mais útil entendermo-nos como aprendermos a guiar-nos nesse enovelado pessoal que vamos somando sem descanso nem paragem.

Será benéfico arranjar espaço mental, para renovar e arejar ideias e preconceções de nós em nós mesmos.

A Paz florescerá então em nossos corações e promoverá a Paz em nossa mente.

Pensamentos positivos se alicerçarão na personalidade.

Outro eu mais feliz assumirá o controlo da dádiva de vida que temos para viver.

A vida poderá ser vivenciada de modo mais pesado, ou mais leve, conforme a capacidade de apreensão que dela tivermos.

A felicidade gera-se no íntimo de nós mesmos, sem dependência exterior.

E chama-se vulgarmente a felicidade do silêncio, ou do presente, em nós mesmos.


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011

Encontrar a felicidade

m festas, no meio das gentes ou sozinho

Em nevoeiro ou ao Sol brilhante

Em tristeza macambúzia ou alegria estonteante

Em drama vivido em desespero ou em esperança viva

Somos pessoas simplesmente em direcção de progresso

Em níveis desnivelados de evolução

Em busca da felicidade por instinto

Passivos perante a felicidade por intuição

Serenos no deambular por novos mundos

Quando encontramos a felicidade em nós mesmos.


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds