Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Conhecer a si mesmo

. Nunca é tarde

. Animais e humanos

. Solidariedade

. Lilás

. Círculos de fraternidade

. Uns, outros e os demais

. Riqueza espiritual

. Linhas trocadas

. Ninguém é tanto nem tão p...

. Razões

. Exactidão

. Penso que...

. Estas coisas mudam uma pe...

. Brisas

. Condomínio espiritual

. Emoções

. Momentum

. Um modo diferente de vive...

. Triste porquê?

. Falar é fácil

. Deixamos fugir os dias

. Abraços

. Mundovisão

. Merecimentos

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links


Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2012

Conhecer a si mesmo

ugimos

Quantas vezes

Rebelamo-nos, lutamos

Por um ideal

Pela certeza de justiça

Por motivos próprios

Por bem-fazer

Crendo que detemos

A verdade

Acreditando entender

Saber e aconselhar

Sobre o melhor e adequado

A cada um e a todos

Crendo tudo saber

Estamos na vida

Ficamos na certeza

De saber, conhecer

Compreender…

O que, afinal,

Tanto pode ser nada

Como tudo

Conhecer então

A si mesmo

Em unidade

E integridade de si.


publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 24 de Outubro de 2012

Nunca é tarde

- i, ai, ai!

- Que foi?

- Foi - que vou embora!

- P’ra onde, pode saber-se?

- Vou embora e pronto, ora!

- Ok…

- Só isso?

- Não disseste que ias embora e - pronto?!

- Sim, sim, mas esperava alguma coisa mais, como por exemplo: que não conseguias viver sem mim… sei lá… algo assim.

- Ah! Como nos filmes e novelas?

- Pois… talvez, sei lá!

- Bom, não sabes lá muito, não! Aconselho a que olhes bem à tua volta e entendas todo o bem que tens. Tens casa, roupa e cama lavada, comida fresca na mesa, tudo limpo à tua volta…

- Mas estou só… sem conversas… sem ninguém para falar de…

- Mas do quê queres tu falar agora, se nunca diriges a palavra a ninguém durante as visitas que tens, e que vão sendo cada vez mais distantes, lá isso…

- Vês…?! É mesmo disso que falo.

- Mas tu é que forçaste a esse isolamento. Todos se quiseram aproximar, convidaram para jogares, conversares, que sei eu mais o quê…!

- Eu não gostei de nada, apenas queria estar só. Essas conversas não me interessavam.

- Olha, sabes que mais?! Temos que conseguir entender os outros, as suas preocupações, fraquezas e boas intenções. Dessa compreensão nasce harmonia, companhia e carinho, dedicação ao próximo…

- Será, será!

- Mas não será tarde para tentares agora tu aproximares-te dos outros…


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 30 de Março de 2012

Animais e humanos

- lha ali, baloiços!

- E crianças… tantas!

- Vamos lá!

- Já lá ‘tou, meu!

- Vou correr atrás desta… ela tem uma bola grande…
queres vir?

- Não, fico ao lado desta pequenininha… acho que ela
não sabe que pode cair… não vejo os pais… achas que ‘tão onde?

- Talvez sejam aqueles ali…

- Apanhei-a… não disse que podia cair?!... é tão
pequenina… parece tão frágil…

- Olha como corro com esta aqui!... Ela gosta de mim…
está  a atirar-me a bola!

- Se não fossemos nós!

- Ei! Saiam daqui! Saiam, jáááá!!!

- Nem acredito! Auff… anda, vamos, que só vai piorar…
auff auff…

- Mas não perceberam que foste tu que ajudou a filha e
não a deixou magoar-se… auff?

- Não percebem nada! Auff não entendem os cães, nem os
animais, acham que só eles são importantes, auff…. Vamos embora, vamos, auff…

- Eles não percebem nada do que dizemos, nem pensamos,
nem… auff?

- A maioria nem se percebe a si próprio quanto mais ao
que os rodeia… auff

- Pai, acho que eles só ajudaram e eu estava a gostar de jogar com ele.

- Oh! Filho, tu não percebes nada disto, ainda não entendes os perigos…

- Olha a criança percebeu-nos… auff auff

- Pois, mas quando crescem esquecem de olhar para a
criança que poderia haver dentro deles, esquecem como uma pequena luz pode
iluminar o mundo. Esquecem tudo o que é verdadeiramente belo, esquecem as
origens… auff… Já estamos longe?

- Já, estamos sós… auff… novamente!


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2012

Solidariedade

- ra bem, uma ajudinha não se perdia!

- Pronto, aqui está!

- Está o quê?

- A mão para ajudar, não foi o que pediu?

- Ó senhores, o que eu queria era que alguém me escrevesse as respostas.

- Não sabe escrever?

- Não, nunca aprendi! Sei falar e fazer contas de cabeça, mas ler e escrever, não senhor.

- Parece incrível que ainda hoje…

- Ó fenómeno, vai ou não vai ajudar-me? Essa fala toda já sei de cor, mas mesmo que fale o dia todo eu continuo na mesma, por isso ou ajuda ou vou pedir a outro!

- Está bem, diga o que quer responder e eu escrevo.

- Ah! Assim a conversa é outra… Ora diga-me lá qual é a pergunta?

- Hã? Pois, pois…

- Mas vocês tanto estudaram e não percebem patavina de gente, pois não?

- Pronto, pronto. A pergunta é….

- E a resposta a isso, não sei!

- Hã?

- Pois não sei, que mesmo lendo para mim eu não entendo o que querem dizer tantas palavras. Sabe dizer-me o que é mesmo para responder?

- Vamos ver com calma…

- Pois, muitaaaaa caaaalma, se faz favor!


publicado por eva às 00:40

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012

Lilás

ilás

É cor de sofrimento

Tonalidade suave da cor

Lilás

Simboliza o deslizar

Pelos acontecimentos

Sem que estes nos atinjam

Mais que a devida medida

Lilás

Suaviza o ser

Nutre a paciência

Facilita a força da persistência

Lilás

É compreensão

É consolação

É matizar a dor

De si e doutrem

Por isso é possível

viver-se em

Lilás.


publicado por eva às 00:40

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Domingo, 18 de Dezembro de 2011

Círculos de fraternidade

m pouco por todo o lado vão nascendo grupos de gente que têm o intuito de promover a fraternidade e o bem-estar de modo caridoso.

Há alguns anos atrás formavam-se intensamente seitas ligadas por crenças e os membros eram recrutados das formas mais diversas, uns de modo obrigatório, outros por querer mútuo.

Hoje subsistem uns e outros permitindo a qualquer um a sua escolha preferencial.

A fraternidade tem, por isso mesmo, sentidos divergentes segundo objectivos tão díspares quanto formulam os seus dirigentes.

É necessário observar além dos limites da visão vulgar, é necessário ouvir o coração e a mente.

É tão necessário pensar com objectividade e lógica como perceber o meio, além… entre o instinto e a intuição.

A caridade é o lema de todos, no entanto é entendida com nuances que para alguns são inalcançáveis a olho nu.

- eis o tema para reflexão que hoje vos proponho.

- Devemos apresentar o resultado por escrito?

- Não, desta vez é oral, 15 minutos para cada grupo já a partir da próxima aula.

- Ok. (esta parece bem fácil!)

- Ledo engano, ao escrever pensas melhor que a responder imediatamente às perguntas.

- Vai haver perguntas?

- Evidentemente!

- Ah! Não percebi isso assim.

- Então, se calhar, este tipo de trabalho está especialmente vocacionado para ti e outros à semelhança.

- Ora!

- Pelo menos, tenta entender-te – aos teus idealismos e à realidade que pode ser bem divergente…


publicado por eva às 23:18

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Segunda-feira, 7 de Novembro de 2011

Uns, outros e os demais

ns sentem-se desprezados da sorte.

Dos amigos, familiares, colegas.

De namoros e filhos.

De trabalho, promoções e dinheiros.

Outros sentem-se afortunados e consideram tudo merecido.

Outros mais, pensam em si e nos outros todos que vão encontrando.

Compreensão e compaixão podem alterar o modo de ver a vida.

Caridade pode prover ao dia-a-dia.

Em tudo há diversos modos de ver e viver.

Ou de não a observar…

A cada um a sua evolução e entendimento, menos ou mais alargado.

A cada um o seu mundo…


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 5 de Outubro de 2011

Riqueza espiritual

- m dia destes ganharam os pastéis de nata.

- Onde?

- Na culinária nacional.

- Ora! Há muito melhor que isso.

- Houve mais premiados, houve! Arroz de marisco, leitão à Bairrada, bacalhau, etc., etc.

- Mas eu…

- Já sei, tens outra opinião!

- Se calhar…

- Não faz mal, é da diversidade de opiniões que aparece a riqueza de benfeitorias. Todos os que almejam promover felicidade a outrem sem receber em troca remuneração traz e faz riqueza espiritual.

- Que é isso e isso que me importa?

- Pois, se calhar nada!

- Nada de nada!

- Olha ali aquele cãozito, parece aleijado.

- Ohh! Deve ter sido atropelado, mas apanhou-o de raspão. Olha, tão querido e como olha para nós… Sabes que mais? vou levá-lo para o tratar lá na clínica.

- Vais tratá-lo simplesmente? Nem tem coleira nem dono à vista para te pagar os serviços e remédios…

- Então e por isso vou deixá-lo a sofrer? Quem é capaz de aguentar aquele olhar, poder ajudar e nada fazer em troca?

- Ahh! Acho que agora entendeste.

- Hã?... Humm… talvez.


publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

Linhas trocadas

- qui estamos novamente reunidos para…

- Para encontrar a verdade de tudo isto!

- Hã?

- É o que digo, tudo o que vem acontecendo tem que ter uma razão para ser assim e não doutro modo.

- Bem, mas isso é evidente.

- Ai é?! Então porque não se dá logo solução, ou conclusão, melhor dizendo?

- Porque nem sei qual a razão…

- Ora, adeus!

- Adeus.

- Francamente, uma conversa de parvos!

- De surdos, queres dizer.

- Tanto faz!

- Mas se ele não sabe a razão, verdade seja dita, não pode fazer nada de útil.

- Ai ai ai!

- Não achas?

- Claro que não e é horrível esta sensação de impotência, digo eu.

- Bom, isso!

- Vou fazer tudo eu mesmo, é o que é!

- Mas vais fazer o quê?

- Organizar um mini-mercado para abastecimento aqui da zona e assim os que não podem deslocar-se poderão comprar do que necessitam aqui mesmo.

- Mas era disso que estavas a falar?

- Pois era!

- Humm… acho que ninguém percebeu.

- E então achavas que era do quê?

- Bem, em boa verdade o tema nunca foi referido. Se calhar cada um pensou uma coisa diferente e mais de acordo com as suas opções de valores.

- Digo-te que falta é falar claro e directo, e que é horrível a dita sensação de impotência.

- Pois é, é!


publicado por eva às 23:58

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 9 de Setembro de 2011

Ninguém é tanto nem tão pouco

ve, salve, bom dia, boas…

Como está? Que diz?

Estão todos bem? ‘Tá-se bem? Oi… humm?

São tudo modos de cumprimentar, mais antigos, mais delicados, mais snobs ou mais saloios.

O que importa é a intenção que os move – cumprimento, sociabilização com o próximo.

Viver em sociedade, grupo ou família é sobreviver entre outros, sem isolamento.

Solidão? Solidão é outra…

Solidão tem a ver com isolamento íntimo, não com isolamento social.

Pode haver solidão de um no meio da multidão.

Quem sente solidão deve tentar entender o porquê dessa sensação.

Se é por supremacia, vontade de poder, de querer sentir-se glorificado dentre os outros. Ou, pelo contrário, solidão de pensar ser de somenos que os outros.

Ninguém é tanto nem tão pouco.

Somos todos seres em evolução e é bom ter a noção correcta do nível evolutivo que temos, assim como frutificarmo-nos usando esse conhecimento para nosso bem e expandir para o bem doutrem.


publicado por eva às 20:08

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?


. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds