Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Esta viagem chegou ao fim

. Tranquilidade e paz

. A cada um suas escolhas

. Quando os elementos se en...

. Ficar só

. Caminhos

. Ajudas

. Conviver

. Violetas

. Outro tipo de império pos...

. Famílias

. Modos de ver

. Há dias assim

. Emoções e relações

. Simbolismos

. Tudo tem importância

. Hábitos e mudanças

. Juventude em viver

. Olhares

. Dúvidas e perguntas

. Fátima, lugar de devoção

. Coisas bonitas que alegra...

. Estudantes e queima das f...

. O nosso planeta reflete o...

. Como as flores

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links

Domingo, 31 de Outubro de 2010

Comunicação

- enho que ir aprender linguagem gestual.

- Porquê?

- Porque não sei nada sobre essa e poderá ser útil, um dia.

- Essa é boa! Assim não páras de aprender e nunca praticas o que aprendes.

- Nada disso, apenas vou ficando mais apta a cada dia que passa.

- Apta – para quê?

- Apta para todo o tipo de serviço social que me possa aparecer, ora!

- Mas que tem a linguagem gestual para aprender se são apenas um conjunto de gestos que pretendem significar palavras e frases?

- Bem, os gestos são normalizados, ou universais, se quiseres…

- Humm…

- Além disso acho que dará algum conforto a quem necessite mesmo dessa linguagem para comunicar o facto de perceber que mais alguém conhece esse tipo de comunicação e está disposto a interagir no momento oportuno.

- Humm…

- Que queres dizer com o teu humm?

- E onde vais aprender? Quanto custa? Quanto tempo é?

- Não sei ainda.

- Quando souberes diz.

- Hã? Humm! (risos)

 


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 30 de Outubro de 2010

Tudo passa

la está sempre em ansiedade, em pesar, angústia ou mesmo desespero. Não há meio de entender que tudo passa, de um modo ou de outro.

Contudo, pode ser mesmo assim que deva viver, angustiada pelos outros, por aquilo que qualifica de injustiças e vibrar por cada situação, escabrosa ou nem por isso, de que vá tendo conhecimento.

Pois não, não sente paz, muito pelo contrário, o seu coração está sempre em polvorosa.

É necessário o sentimento de esperança, de fé em futuro mais radioso para todos nós, para viver com serenidade e desenvolver objectivos com calma e paciência.

Paciência - para quê? Ora, para recomeçar sempre que se destruam os projectos.

Pois claro! É preciso construir e recomeçar inúmeras vezes, tantas que se perde a conta. É preciso seguir em frente, custe o que custar.

Pois, pois, sempre com dignidade; a dignidade que o indivíduo escolhe para si mesmo em todos os níveis.

 


publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 29 de Outubro de 2010

A correria da vida

ra viva! Ena, tanto livro! Isso tudo é para…?

Hã… Mas os dicionários essenciais são isso mesmo, de vocabulário essencial, não exactamente para o estudo de uma língua ou da linguística.

Pois, mesmo assim… Porque não te decides a estudar os assuntos mais profundamente?

Ahhh! Pois sim, é verdade que a vida é uma correria. Mas, por outro lado, cabe-nos parar de correr e fazer algo que nos agrade e engrandeça com calma, paciência e a maior perfeição que lhe consigamos imprimir.

Sim, sim. É isso mesmo, é impregnar de virtude tudo aquilo em que tocamos.

Exactamente, até aquilo em que pensamos pode ser transformado pelas virtudes que lhe aferirmos.

Nem mais! Aprimorar tudo o que nos diz respeito, directa ou indirectamente, como

Jesus deu exemplo.

Tal e qual! Então?... Foste embora?

 


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010

Afastar-se de si mesmo

- stá tudo tão escuro… parece noite.

- É noite!

- Mas já são 6 horas, como pode ser de noite?

- Tem a ver com os fusos horários, as horas acertadas dos relógios, etc. Por isso, olhando lá para fora está escuro como de noite, mas daqui a uma meia-hora vai já amanhecer, vais ver.

- Dá tristeza!

- Essa é boa! Então porquê?

- Porque sempre me habituei a que de manhã é dia.

- Isso é mas é falta de hábito de levantares cedo. Agora que tens um horário semelhante à maioria vais deixar de te surpreender com coisas tão banais que irão acontecer.

- Então isto acontece muita vez?

- Todos passamos por situações menos e mais agradáveis e elas não são problema. A questão é quanto duram as desagradáveis pois, para estas, podem faltar-nos as forças e não conseguir apreciar depois a mudança que a seguir a bonança vai trazer.

- Vem sempre uma bonança?

- Vem! É preciso estar atento aos mínimos pormenores da sua aproximação, senão pode passar por nós, pelas nossas vidas e não darmos por ela.

- Porque acontece isso?

- Porque o ser deixa que a secura o invada. Primeiro, por defesa instintiva, deixa de dar importância ao que sucede e assim pretende evitar o sofrer mais duramente; depois, começa a realçar o estado de indiferença em si mesmo e, por fim, alheia-se completamente da vida, de tudo o que o rodeia e de si mesmo.

- O ser pode afastar-se de si mesmo?

- Que achas tu?

 


publicado por eva às 00:38

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010

Momentum

Todos, qualquer um, atingem o momentum em que percebem, entendendo mesmo, lúcida e completamente, quem são, o que são e como são perante o infinito de si mesmos e o cosmos inclusivo do tudo – a unidade.

Nessa altura o ser transcende-se em si próprio e tudo lhe é possível – ver, ouvir, cheirar, tactear, sentir em si e além de si a distâncias imensuráveis, em passado-presente-futuro.

A possibilidade é então impossível de descrever.

- Acooooorda! ‘Tás delirando ou quê?

- Hã?! ‘Tou nada!



publicado por eva às 00:33

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Terça-feira, 26 de Outubro de 2010

Pesquisas

lha, olha! Hoje tudo é possível ser copiado, adulterado e trabalhado com afinco e esmero, sem ser necessário recorrer ao ponto zero.

No presente, podemos saber tudo de todos, seja qual for o objectivo dessa pesquisa.

Para o pior ou para o melhor, o acesso às questões públicas e privadas é conseguível e todos podemos sofrer ou lucrar com isso.

Podem fazer-se pedidos a nível mundial para encontrar um dador possível de coincidir com outrem em um pormenor mínimo mas de importância máxima para a sobrevivência de alguém e tudo em tempo útil de execução.

Também pode vasculhar-se a vida íntima de alguém, tanto o comprometido com a sociedade como alguém caritativo e benfazejo.

Hoje, quase tudo é permitido ao homem pelo homem.

A ver vamos se essa liberdade se expressará em arrogância ou humildade do homem para a Humanidade e para o Divino que todos almejamos sentir, quer este seja considerado desconhecido ou bem reconhecido.



publicado por eva às 00:31

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

Sonhos?

- ntão, então? Vamos indo! O autocarro não espera.

- Autocarro? Onde está?

- Ali mesmo, senhora. Ali estacionado – não o vê?

- Agora já, mas de autocarro só tem o tamanho!

- É quanto basta, senhora. De resto leva-nos onde quisermos ir.

- Ah! sim?

- Onde quer ir, senhora?

- Eu quero ir para casa, nem sei onde estou nem o que estou fazendo aqui.

- Foi aqui chamada e por isso aqui está a fazer o que lhe disseram para fazer.

- Chamada? Eu? Por quem?

- Por aqueles ali, vê-os? Estão a rir e a divertir-se com isto tudo, com todos vocês.

- Todos nós, quem?

- Todos estes, não os vê? Não tem disciplina, pois não senhora?

- Eu? Mas como é que chamaram, se não ouvi nada? Só se foi em sonhos!

- Sonhos? Mente, disciplina mental, sono, sensibilidade… faz ideia do que isso seja?

- Não, e não me parece que queira saber!

- Vamos para sua casa, então! Já chegámos!

- Mas… como é possível? … nem chegou a um instante!

 


publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Domingo, 24 de Outubro de 2010

Não dizem que tudo é possível?

perdão é perdão para nós mesmos, é benevolência, é liberdade do nosso ser.

O perdão para os outros?

Mas é desse mesmo que falo, porque quando desculpamos, quando perdoamos, estamos a ceder piedade nossa e como aquilo que nos ofende é precisamente o que já fizemos aos outros noutras vidas, estamos a dar outra oportunidade a nós mesmos também.

Ou seja, podemos assim libertar-nos das ofensas que sofremos ao mesmo tempo que dos prejuízos que causámos a outrem.

E, se dúvidas houvesse, a paz e a leveza que sentimos ao perdoar são do sobredito uma prova.

Bem, até amanhã e este é o tema para desenvolvimento – o que é, para mim, o perdão a outrem.

- Achas bem?

- A parte da paz que se sente deve ser verdadeira, porque já a experimentei.

- Por esse prisma, o resto também pode ser verdade.

- Não dizem que tudo é possível, até o que nos parece impossível?!

- Até amanhã, eu fico por aqui.

 


publicado por eva às 00:32

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 23 de Outubro de 2010

Um modo diferente de viver a vida

- u amo Deus em toda a minha vida. A Ele me dedico e consagro todos os momentos do dia.

- Bem, entendo o maravilhoso e a sintonia íntima com o Divino cósmico e o divino no íntimo de cada um que pode ser ampliado e harmonizado até ao infinito. Queira o infinito significar algo tão grandioso quanto incogitável pelo meu, ainda pobre, desenvolvimento mental.

- Hã? Não tens fé, não rezas?

- Refiro outro modo de estar que, na essência, é capaz de ser semelhante ao que dizes mas que é um modo diferente de viver a vida. Para mim, a vida é para ser desenvolvida em formação ética individual tanto quanto em responsabilidade familiar e social, ou no trabalho, tudo com a maior dignidade que me for possível.

- Pois, eu referia um certo isolamento para dedicar a vida a Deus. Como antigamente faziam os eremitas, mas agora com mais algum conforto, apesar do trabalho ser duro na agricultura, pecuária e tudo o mais que sirva ao auto-sustento do corpo físico. Assim a mente vai sendo desenvolvida…

- Vai?

- Temos opiniões diferentes!

- E depois? A cada um a sua e os meus direitos terminam no limite dos direitos do próximo.



publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

Dá para entender?!

- i, Oiiii!

- Que foi?

- Oi, oi!

- Não percebo, desculpe!

- Aiiii!

- Precisa de auxílio?

- Continuo a não perceber.

- Ora vê! Para quê tanto malabarismo com o vocabulário? Fiz algumas exclamações, interjeições e pediu desculpas e ainda perguntou se precisava de alguma ajuda. Quando explicamos tudo só falta virarem-nos as costas. Dá para entender?! Ainda falam que o diálogo é construtivo, agora estou a falar e nem um som de resposta…

- Bem, estava à espera que acabasse de falar para…

- Para quê - ora diga lá, para quê?

- Só para lhe dizer que não se trata da força do diálogo, mas sim da personalidade do interlocutor.

- Nã!

- Experimente e veja se tenho razão.

- Ok, mas só para chegar à verdade disto.

- Pois! Isso é útil – não se ficar pelas primeiras impressões e conseguir chegar à verdade das coisas.

 


publicado por eva às 00:34

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds