Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Esta viagem chegou ao fim

. Tranquilidade e paz

. A cada um suas escolhas

. Quando os elementos se en...

. Ficar só

. Caminhos

. Ajudas

. Conviver

. Violetas

. Outro tipo de império pos...

. Famílias

. Modos de ver

. Há dias assim

. Emoções e relações

. Simbolismos

. Tudo tem importância

. Hábitos e mudanças

. Juventude em viver

. Olhares

. Dúvidas e perguntas

. Fátima, lugar de devoção

. Coisas bonitas que alegra...

. Estudantes e queima das f...

. O nosso planeta reflete o...

. Como as flores

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Muito Obrigada e Bem Hajam!

Caros amigos (e permitam-me a dispensa do tique politiqueiro do "e amigas")  iniciei os “Escritos de Eva” a 21 de Março de 2006. Ao longo deste tempo fui experimentando algumas alterações e o formato actual é, sem dúvida, o que mais me agradou. No entanto, o tempo disponível não me permite manter a actual estrutura de um texto acompanhado de imagem e uma citação. Vou manter o texto diário de “produção própria” com descanso ao Domingo. Mas como há textos, imagens, sons de diferentes autores que me agrada inserir no blog, fá-lo-ei no Caminhos. Sem calendário. Se puder ser semanalmente, será; se não puder ser, não será.
Estes “Escritos” começaram por ser uma espécie de diário que me ajudasse a olhar para a minha própria evolução. Continuam a ter essa função. Mas, com o tempo, transformaram-se também numa agradável partilha de ideias e de firmes amizades que não suspeitava sequer pudessem ser geradas, com esta intensidade, na blogosfera. A todos quero agradecer o apoio e o carinho com que sempre me trataram, ao que escrevo e aos textos que fui seleccionando no espaço de Domingo.
Espero acrescentar, nos links, os índices – leia-se descritores – de 2008 e 2009 mas ainda vai demorar algum tempo.
A todos desejo um 2010 pleno de felicidades.
Uma vez mais, o meu Muito Obrigada por tudo o que me têm dado!
Bem-hajam!

.
.

.
 

Luiza Caetano - Fernando Pessoa
e heterónimos
Imagem retirada da net
.
.
Disse Fernando Pessoa: Conhece alguém as fronteiras à sua alma, para que possa dizer – eu sou eu ?
.

.


publicado por eva às 15:23

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Da bisbilhotice à ajuda

- A partir de hoje não vou querer saber da vida dos outros! Isso é só bisbilhotice e eu quero algo de positivo na vida.
- Saber dos outros não implica bisbilhotice, pode traduzir-se em solidariedade e fraternidade.
- Pois pode, evidentemente que poderia ser assim, mas a maior parte das vezes não é. Os outros desabafam e a partir daí fica apenas a bisbilhotice dos acontecimentos da vida de outrem.
- Insisto que só ficamos pela bisbilhotice se não formos solidários. Porque podemos ir procurar modos de ajuda mais precisa e razoável para aquele que se queixou, ou simplesmente desabafou.
- Queres dizer tomar iniciativas de assistência, mas isso é uma complicação de papéis e trabalheira dias a fio…
- Pois é, assim como é sempre mais fácil resolver essa trabalheira a dois ou mais, do que solitariamente. Tudo o que mexa com administração e papelada afim é uma tortura e um desespero a juntar ao problema que já existe com toda a sua importância.
- Bem, efectivamente há pessoas para quem preencher impressos já é desgastante…
- Pois, e quem tem essa facilidade já pode ajudar indicando e esclarecendo, tornando fácil o que se apresenta incompreensível, fruto da dificuldade acrescida da aflição do problema que tem em mãos.
- Então, podemos sempre ajudar de modo útil, mesmo que seja de modo indirecto ou singelo.
- Até podemos ajudar simplesmente pensando positivo, pensando que tudo se resolverá e projectando essa visão do problema resolvido mentalmente, dirigindo-o às alturas como uma prece.

.
.

.

Imagem retirada da net
.
.
Disse Rosana Braga: O que as pessoas pensam a meu respeito é problema delas e não meu !
.

.


publicado por eva às 00:34

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Os números

Lutas pelo poder em vários países e regiões.
Lutas pelos direitos e lutas pela reunião familiar em qualquer ponto do globo.
Lutas pela solidariedade e lutas pela sobrevivência noutros tantos sítios.
Lutas com armas e lutas pacíficas.
Lutas com sessões de psiquiatria e psicologia ou individuais e solitárias.
- Em princípio as lutas são para conseguir algo melhor, com maior ou menor risco pessoal.
- No fim, talvez não ou talvez sim…
- Os resultados são sempre reduzidos a números, como nas equações matemáticas que são enormes ao início, carregadas de números e símbolos numéricos e que, no fim, são simplesmente iguais a um número ou a uma incógnita...
- Os números falam mais que as palavras e são universais quanto ao conhecimento. É, também, graças ao número que se promovem os inventos e conhecimentos científicos, assim como se promovem as horas e dias a um calendário anual e à nossa parca agenda diária. Pelos números temos a noção da amplitude de tremores de terra e de outros problemas semelhantes ou derivados. Pelos números temos a noção da importância dos fenómenos ou de acontecimentos triviais. O número faz parte integrante do nosso mundo e do nosso conhecimento apesar da matemática escolar nem sempre traduzir essa ideia facilmente. É também o número que localiza o nosso planeta Terra no meio do Universo conhecido e nos dá a noção de quanto Universo falta conhecer. De qualquer modo, é o número que nos relativiza em relação a um todo, ou total, que a princípio nem sonhamos, ou sequer presumimos a existência. Pelo número podemos apreender a insignificância, ou a significância do que nos diz respeito, do que mais intimamente nos toca.
- Mas eu detesto números! Excepto… hummm… deves-me 5€… até os poderes devolver.

.
.

.

Joan Miró - Números e constelações
em amor com uma mulher
Imagem retirada da net
.
.
Disse José Saramago: O que as vitórias têm de mau é que não são definitivas. O que as derrotas têm de bom é que também não são definitivas !
.

.


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
 O que é? |  O que é?

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

Tempus fugit

- Tempus fugit! – acho que é assim que se diz.
- Queres dizer que o tempo foge, é isso?
- Pois é, mas assim fica mais intelectual, não achas?
- Fica, fica! Mas que queres dizer hoje com isso, estás com os teus horários acertados e tudo a tempo, in tempo!
- O latim deve ter sido uma língua muito bela, ainda hoje dá um toque de dignidade, mais que outra coisa, a tudo o que impregna.
- É uma língua bonita e muito exacta, o que se demonstra em toda a sua gramática. A civilização que a falava é que exagerou e decaiu.
- Não é o que acontece sempre?
- Infelizmente, tal tem sido uma constante nas civilizações. Por melhor que tenham sido, a sua decadência veio com tanta força como a pujança do seu esplendor.
- Façamos como aconselha o poeta e lembremos apenas o que foi bom…
- Às vezes é difícil quando temos em memória visões desse horror que os filmes e demais informação perpetuam.
- Bem, é razoável ter conhecimento da história.
- E é positivo lembrar mais as coisas boas que as negativas, senão parece que se dá mais forças a estas que àquelas.
- Festejemos então o progresso que todos os antigos nos deixaram, latinos e não latinos.

.
.

.

Fotograma do filme City Lights
(Luzes da Cidade)
Imagem retirada da net
.
.
Disse Salman Rushdie: A verdade é o que a maioria vê como verdade, mas a maioria também pode mudar de opinião ao longo da história !
.

.


publicado por eva às 00:35

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

Viva a Vida!

As voltas que a vida nos dá. O que éramos, o que já fomos, o que lutámos, o que somos e o que desejaríamos ser…
- Vamos caminhar? Há tempo que não sinto o vento frio na cara e às vezes preciso senti-lo.
- Porquê?
- Para me lembrar que estou vivo!
- A vida é assim tão boa de ser vivida?
- Pois é, para mim é!
- Gostas das coisas que encontras, do que sentes, do que tens, é isso?
- Acho que sim. Gosto de respirar e sentir o ar entrar em mim, gosto de ainda poder ver tudo, os que me são mais queridos, saber como estão, gosto de ver as flores, as pessoas, por onde ando e escolher o que vou fazer a cada dia… ah! E gosto de poder movimentar-me de modo independente e ir onde é preciso ir…
- Mesmo que seja uma tarefa desagradável?
- Paciência, mas sim, prefiro isso a não poder mover-me. Mas se não pudesse movimentar-me tentaria sentar-me perto de uma janela e ver os outros que ainda podem mexer-se a irem de um lado a outro, de modo aflito e apressado ou de modo prazenteiro de passeio…
- Estiveste doente?
- Sim, estive em risco de vida uma vez e a partir daí a vida tomou outro significado e importância para ser vivida apreciando-a.
- Nos mínimos pormenores?
- Sim, no mínimo, no desagradável e no maravilhoso que tem e… apenas, acho que vai ser curta para todos os meus projectos…
- Então - Viva a Vida!

.
.

.
Anne Packard - A cadeira vazia
Imagem retirada da net

.
.

Disse Claude Aveline: Se considero quanto me custa a ideia de deixar a vida, devo ter sido mais feliz do que pensava !
.

.


publicado por eva às 00:37

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Domingo, 27 de Dezembro de 2009

Querido Jesus

 

Na semana do Natal de 2007, o jornal “Corriere della Sera” publicou as seguintes frases de crianças:

.

"Querido Menino Jesus, obrigado pelo irmãozinho. Mas na verdade eu tinha rezado para ganhar um cãozinho." (Gianluca)

"Querido Jesus, por que não inventa nenhum animal novo nos últimos tempos? A gente vê sempre os mesmos." (Laura)

"Querido Jesus, por favor, ponha um pouco mais de férias entre o Natal e a Páscoa. No meio, agora está sem nada." (Marco)

"Querido Jesus, o padre Mário é seu amigo ou conhece-o só do trabalho?" (Antonio)

"Querido Jesus, talvez Caim e Abel não se matassem tanto se tivessem um quarto para cada um. Com o meu irmão funciona." (Lorenzo)

"Querido Jesus, no Carnaval vou disfarçar-me de diabo. Tem alguma coisa contra?" (Michela)

"Querido Jesus, eu gosto muito do Pai-Nosso. Você escreveu tudo de uma só vez ou teve que ir apagando? Qualquer coisa que eu escrevo eu tenho que refazer um monte de vezes." (Franco)

"Querido Jesus, você é invisível mesmo ou é só um truque?" (Giovanni)

"Querido Jesus, em vez de fazer as pessoas morrerem e aí criar novas pessoas, por que você não fica com as que já tem?" (Marcello)

"Querido Jesus, se não tivesse acontecido a extinção dos dinossauros não ia ter lugar para nós. Você fez muito bem." (Maurizio)

"Querido Menino Jesus, não compre os presentes na loja de baixo do prédio, a mãe diz que eles são uns ladrões. É muito melhor no super." (Lucia) 
 

.
Disse  Victor Borge:  O riso é a distância mais curta entre duas pessoas !
.

.


publicado por eva às 00:30

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 26 de Dezembro de 2009

Dia de memória

Há dias vi um livro que se intitulava algo como palavras nunca ditas a tempo…
E, no entanto, tantas palavras que gastamos por qualquer um, que nada nos diz a respeito de nada…
As voltas que dá a nossa vida e olhando para trás, efectivamente, quantas palavras não gostaríamos de ter dito em tempo útil?
Quantas atitudes e iniciativas não teríamos tido se tivéssemos compreendido melhor outrem?
Quantas atitudes não teríamos mudado porque não entendemos a amplitude dos nossos gestos e o quanto constrangiam outrem, mesmo quando levados a cabo apenas porque nos dava mais jeito ser assim, e não doutro modo, em completa ignorância do sacrifício que infligíamos?
Quantas coisas não mudaríamos do nosso passado se o entendimento nos tivesse ajudado?
Que valor tem a ignorâncias das coisas? Será desculpa aceitável?
Por lei dos tribunais a ignorância não é desculpa de nada. Então, porque desejamos que o seja moralmente?
- Porque achamos uma injustiça querer culpa pelo que não sentimos, porque não sabíamos a projecção das nossas atitudes? Quantas vezes, mesmo conhecendo o raio das nossas acções, não fazemos algo com uma intenção que deriva noutro algo completamente diferente? Às vezes até conseguimos realizar o oposto do primeiramente pretendido!
- Então, dum modo ou doutro, as nossas intenções e acções projectam-se no futuro?
- Parece evidente?!

.
.

.
Veronica Labat - Tempo de visita
Imagem retirada da net
.
.
Disse Stephenie Meyer: Quando as pessoas mudam de ideias, tomando uma nova decisão, por mais insignificante que seja, todo o futuro se altera !
.

.


publicado por eva às 18:59

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

Boas Festas!

Natal é tempo de felicidade, de sentir felicidade em nós, por nós e por todos os outros.
É tempo de chamada de atenção para esse intercâmbio – nós próprios e os outros, e os outros e nós.
É um tempo para não esquecer ninguém, por mais ínfimo ser que seja.
É tempo de olhar bem em redor, observando quem nunca vimos ou atendendo quem nunca ouvimos.
É tempo de sairmos da casca e respirar a plenos pulmões a vida que está aí, constantemente aí, e da qual nos vamos escondendo e fugindo, com desculpas de querer proteger alguém, ou a nós mesmos.
Ninguém pode proteger o improtegível, porque todos estamos a viver para experienciar novas atitudes, novas capacidades de nós próprios.
Todos vivemos em oportunidade de reeducação e a vida é a escola. Os conflitos são os exames e as melhores notas vão para o amor fraterno e a benevolência.
A paz é o sentimento que assiste quem passa de nível.
O Natal é o tempo de conferir os resultados e programar o novo ano em que nos vamos matricular.
Boas Festas!

.
.

.

Fotografia de Anne Geddes
Imagem retirada da net
.
.
Disse Franklin D.Roosevelt: O único limite para a realização do amanhã serão as nossas dúvidas de hoje !
.

.


publicado por eva às 19:43

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009

Natal

 

Obrigada a todos os que me concedem a simpatia de passar por este blog, e a todos desejo um Feliz e Santo Natal!

 

 

 

Diz o Novo Testamento: Quando foi que te vimos com fome, ou com sede, ou peregrino, ou nu, ou doente, ou na prisão, e não te socorremos? Ele responderá, então: Em verdade vos digo: Sempre que deixastes de fazer isto a um destes pequeninos, foi a mim que deixastes de o fazer !

.

.


publicado por eva às 19:10

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

A vida tem tanta coisa

Música e músicas, sons e sonoridades.
Tintas e cores, tonalidades e colorações.
A vida tem tanta coisa que nos atrai, que nos faz esquecer as amarguras…
- E nos faz passear por certos lugares em vez de ficar em casa a ensimesmar. Há tanto para procurar e achar, enfim tanto para viver e por quê, ou por quem, viver.
- No outro dia vi uma mãe e a filha deficiente e perguntei a mim mesma, que será dessa filha quando a mãe já não puder ajudá-la? Porque a mãe tinha um ar tão cansado, exausto mesmo. E, no entanto, mantinha o seu sorriso agradável para quem se aproximava e…
- Mas tu só vês os dramas! E o que é bom da vida, não vês?
- Não sei!
- Então olha melhor em teu redor e diz-me - o que vês?
- Vejo pais que trazem aqui os filhos pequenos para se distraírem e brincarem, nos baloiços, escorregas e essas armações novas que lhes permitem brincar de modo tão diverso como subir por cordas, ou escadas balançantes e nada fixas. E que eles não acham difícil mas aprazível e, até, se entusiasmam com as dificuldades que têm que ultrapassar. A seguir acham-se os campeões e alegram-se das suas vitórias, mesmo que mais ninguém os tenha visto.
- Bem, geralmente chamam pelo pai para lhes mostrar o que já sabem fazer e exultam com as exclamações que eles souberem dizer a esse propósito.
- Pois, pois!
- Então vê se aprendes algo com as crianças, pelos vistos mais serenas que tu pela vida. E olha que a vida delas, à sua dimensão, é difícil também.
- Pois, pois!

.
.

.

Jessica Cox
Imagem retirada da net
.
.
Disse Fernando Pessoa: Tenho em mim todos os sonhos do mundo !
.

.


publicado por eva às 00:36

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds