Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Esta viagem chegou ao fim

. Tranquilidade e paz

. A cada um suas escolhas

. Quando os elementos se en...

. Ficar só

. Caminhos

. Ajudas

. Conviver

. Violetas

. Outro tipo de império pos...

. Famílias

. Modos de ver

. Há dias assim

. Emoções e relações

. Simbolismos

. Tudo tem importância

. Hábitos e mudanças

. Juventude em viver

. Olhares

. Dúvidas e perguntas

. Fátima, lugar de devoção

. Coisas bonitas que alegra...

. Estudantes e queima das f...

. O nosso planeta reflete o...

. Como as flores

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links

Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

Tempo de férias

Liberdade de horários e de rotinas – geralmente da casa, trabalho e escolas.
Ou seja – FÉRIAAAS!
O engraçado é que, por vezes, ficamos com horários ainda mais apertados, sobretudo se escolhermos viajar e conhecer novos sítios e costumes.
Enfim, são dias escolhidos de boa mente e pagos com poupanças de cada mês.
Para quem ainda pode, é bom e salutar manter o sistema de poupar para a
caixinha os trocos de cada dia e só abrir a dita caixinha na altura de planear as férias.
Às vezes lá se deixava cair uma
notita.
Na altura certa fazem-se as contas e algo embaraçados, vamos até ao Banco trocar por notas, para não pagar as viagens «em tostões».
Dava gosto ouvir o tilintar das moedinhas ainda na caixa e todos queríamos perceber, nesse tilintar, se estava pouco ou quase cheia.
E as esperanças cresciam à medida que se aproximava Março – o mês por excelência para marcar férias nas empresas.
Conforme os dias que conseguíamos, lá íamos planear as férias.
- Sabes o que é isso? Boas lembranças.
- Ohhh, as férias são sempre boas lembranças. Até com mau tempo!
.
.
.
Wallpaper National Geographic
.
.
Disse  Federico García Lorca:  Olha à direita e à esquerda do tempo, e que o teu coração aprenda a estar tranquilo !
.
.

publicado por eva às 00:05

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

Rotina

O ar condicionado sopra ar fresco e o ambiente, nestes dias mais quentes, fica muito mais aprazível, sem dúvida alguma.
O bem-estar físico inspira pensamentos semelhantes, isto é, harmoniosos.
O mal-estar provoca pensamentos depressivos e, até, pejorativos.
Vemos os outros sob prismas mais escurecidos e sem beleza interior.
Até as melhores intenções são interpretadas com dúvidas e desconfianças.
O bem-estar, pelo contrário, dá vontade de partilhar com outros o que temos de bom e o sorriso e a graciosidade sucedem-se para aqueles que nos rodeiam.
É uma constante – o bem expande; a negação oprime e amesquinha.
Se as férias forem relaxantes também expandem o melhor de nós.
Se, pelo contrário, forem cansativas e rotineiras trazem-nos, de regresso, mais amargurados e cansados do que fomos.
- Ou seja?
- Ou seja, se não estamos ainda habituados e, portanto, a atitude não fluir naturalmente, devemos habituar-nos a planear cuidadosamente o nosso bem-estar.
- E acaba por tornar-se uma rotina…
- Pois, uma rotina maravilhosa para a nossa felicidade.

.
.
.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Noel Clarasó:  A felicidade não consiste em fazer o que gostamos, mas em gostarmos do que fazemos !
.
.


publicado por eva às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |  O que é?

Terça-feira, 29 de Julho de 2008

Papéis

Conservatórias, finanças, bancos e notários – tudo tratado num só dia.
A saída de casa foi ás 8.000 horas e o regresso às 17 e tais.
Uma dor de cabeça monumental e a roupa suada foram o rescaldo.
Os papéis, mais do que a conta para os pagar, foram aumentando conforme foram sendo transferidos de mão em mão ou entre secções e repartições.
Das finanças passaram novos papéis para entregar na conservatória, e por aí fora de modo semelhante.
As regras vão mudando conforme normativas governamentais e os empregados vão decorando as novidades e explicando-as a quem lhes duvida o profissionalismo.
Em paralelo, pensamentos e desejos em excesso vão alterando qualquer cabeça, pretensamente equilibrada, porque a espera e a sensação de que
falta sempre qualquer coisa não ajudam à saúde mental.
Por todo o lado o ar de cansaço e, por vezes, sobem no ar palavras ditas com a exaltação de quem desespera a olhos vistos.
E continuam a ressoar pensamentos “obtusos” – de tão loucos, como irreais – que atrapalham o ambiente.
A insatisfação poderia tomar um lugar de destaque entre todos se alguns sorrisos, e ditos bem-humorados, não se impusessem.
Porque será que as pessoas, na grande maioria, querem o que não devem, ou não podem, em vez de querer aproveitar aquilo que têm – e, por vezes, bem melhor do que aquilo que desejam?
Talvez facilitasse viver e deixar viver a vida… talvez…
.
.
.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Baudelaire:  esta vida é um hospital onde cada doente está possuído pelo desejo de mudar de cama !
.
.

publicado por eva às 09:04

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

A música

Oh, a música… A música na nossa vida, seja em momentos tão importantes – por serem de aflição, ou tão preciosos – por serem de paz.
A música pode ser como uma segunda respiração, um secundar do oxigénio necessário para viver aqui e agora.
Pode ser uma ligação entre nós e o mundo que nos rodeia – seja natural ou social, seja um mundo desagradável ou agradável.
A música pode ser uma companhia e uma terapia.
Uma companhia para a solidão, como para a alegria de uma festa.
Pode ser uma terapia para ajudar a relaxar, ou para adormecer.
Ajudar tanto a alhear-se, como a familiarizar-se com o meio ambiente.
- Não, não… nem pensar! Eu estava bem, estava óptima e passei junto a não sei o quê que largava para o espaço da rua, onde eu estava, sons estridentes de metais e água misturados. Um horror! Fiquei eléctrica e enervada o resto do dia. Do dia… percebes?
- Oh, se percebo! Foi sobre isso que estive a falar! Da música e de nós!
.
.
.

Viena - Imagem retirada da net

.
.
Disse  Wolfgang Amadeus Mozart:  Não consigo escrever poesia: não sou poeta. Não consigo dispor as palavras com tal arte que elas reflictam a sombra e a luz: não sou pintor… Mas consigo fazer isso tudo com a música !
.
.


publicado por eva às 09:06

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
 O que é? |  O que é?

Domingo, 27 de Julho de 2008

Mário Quintana # Se Eu Fosse Um Padre ; Projecto de Prefácio

.
SE EU FOSSE UM PADRE

Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões,

não falaria em Deus nem no Pecado
– muito menos no Anjo Rebelado
e os encantos das suas seduções,

não citaria santos e profetas:

nada das suas celestiais promessas
ou das suas terríveis maldições...
Se eu fosse um padre eu citaria os poetas,

Rezaria seus versos, os mais belos,

desses que desde a infância me embalaram
e quem me dera que alguns fossem meus!

Porque a poesia purifica a alma...

a um belo poema – ainda que de Deus se aparte–
um belo poema sempre leva a Deus! 
.

in "Nova Antologia Poética"

.
.
.

PROJETO DE PREFÁCIO

Sábias agudezas... refinamentos...
– não!
Nada disso encontrarás aqui.
Um poema não é para te distraíres
como com essas imagens mutantes de caleidoscópios.
Um poema não é quando te deténs para apreciar um detalhe
Um poema não é também quando páras no fim,
porque um verdadeiro poema continua sempre...
Um poema que não te ajude a viver e não saiba preparar-te para a morte
não tem sentido: é um pobre chocalho de palavras. 
.

in "Baú de Espantos"

.
.
.
Disse  Mário Quintana:  Se as coisas são inatingíveis... ora!  Não é motivo para não querê-las...  Que tristes os caminhos, se não fora  A presença distante das estrelas !
.
.
.

Outros poemas de Mário Quintana: Ah! Os Relógios ; Poeminha do Contra
Outros poemas de Mário Quintana: Os Poemas ; O Morto
Outros poemas de Mário Quintana: Poema da gare de Astapovo ; Inscrição para um portão de cemitério
.
.


publicado por eva às 00:04

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 26 de Julho de 2008

Dimensões

Um homem, de calças claras e camisa aos quadrados, cabelo curto e aspecto lavado, vai para entrar numa casa.
Essa casa é, afinal, uma clínica para tratamentos de vária ordem e, no seu caso, para problemas de equilíbrio.
Quando está quase a chegar à porta, em vez de entrar, sobe no ar como se um balão de ar quente o levantasse.
Lentamente ele vai vendo, com algum espanto, o chão da rua onde estava e assusta-se um pouco…
Quando quer pensar no que lhe está a suceder, não consegue sequer alinhar as ideias – é tudo uma confusão na sua cabeça.
A seguir, com ajuda de algum vento a favor, é transportado à altura das nuvens e acaba misturando-se com elas.
As suas roupas também ficam a parecer aquele “algodão” das nuvens.
Mas mantêm a forma, ainda que esbatida, das calças e da camisa aos quadrados, agora em algodão flutuante.
A confusão de ideias continua, mas vai mantendo sempre a calma e vai esperando o entendimento do que lhe aconteceu.
- Morreu?
- Não, não! É um novo modo de vida. Cá, e lá em cima ao mesmo tempo, verá duas dimensões de cada coisa e quando perceber já não vai sentir confusão alguma!
.
.
.
Imagem da Nasa (relativa a uma experiência de 2002)
.
.
Disse  Stephen Hawking:  A história do universo no tempo real determina a sua história no tempo imaginário e vice-versa, mas os dois tipos de história podem ser bem diferentes !
.
.

publicado por eva às 22:07

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 25 de Julho de 2008

Vivências

Um gato no jardim.
Está um gato no jardim, deitado na relva à sombra dos bancos.
- Não tens gato, pois não?
- Pois não, nem sei de quem é!
- Pode ser vadio!
- Não, porque tem coleira e como ainda é novo, não deve ser abandonado.
- Um costume tão feio e tão irresponsável…
- Bom, de qualquer modo não o incomodes quando chegares.
- O quê?
- Pois, não faças barulhos excessivos nem o assustes. Deixa-o estar sossegado!
- Vê lá… não queres que vá em pontas de pés!?
- Também não é preciso tanto!
- Ainda bem!
- Isto não é exagero! É uma questão de ser amável. E se entrarmos como é costume ele também se vai habituando e é bom deixá-lo desfrutar do jardim nos termos que estão. Tudo tem medida razoável e com reciprocidade.
- Bem, talvez a tua opinião seja mais razoável.
- Pelo menos, parece ser mais natural partilhar condicionalismos que não destroem nada e que podem ser acrescentos de vivências comuns.

.
.
.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Wright Morris:  Os gatos não pertencem às pessoas. Eles pertencem aos lugares !
.
.


publicado por eva às 23:05

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

Necessidades

- Que fazer?
- Quando?
- Quando se faz tudo o que se sabe o melhor possível e a vida parece do avesso.
- Parece?
- Pois parece! Podemos estudar as questões, as nossas opções com todo o cuidado e… só sai asneira!
- Estás a falar de…
- De tudo e também de créditos e hipotecas bancárias. Olha que até já há créditos para gozar férias.
- Isso quer dizer que, do lado da banca, estão actualizados.
- Actualizados? As pessoas fingem cada vez mais que têm dinheiro.
- Isso é problema das pessoas e da sua contabilidade. A banca está a suprir as suas necessidades!
- Necessidades? As férias para os outros admirarem onde foram?
- Como vês, são necessidades! De serem admirados por outros e manterem-se na “crista da onda”.
- Sabes, estou antiquado. Mas preferia que as pessoas aprendessem a viver de modo mais simples. Admirassem a natureza e a si mesmos numa conjuntura natural, mais que outras modernices.
.
.

.

Imagem retirada da net

.
.

Disse  Robert Oppenheimer:  o optimista pensa que este é o melhor dos mundos possíveis. O pessimista teme que seja verdade !
.
.

publicado por eva às 12:55

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

Saber distinguir

Cinemas e filmes. Temas e reflexões que sempre nos vão provocando...
A vida tanto passa a correr por nós que não pensamos nela, como passamos nós pela vida reflectindo em cada pormenor – seja alegre, seja triste.
Reflectir é ter consciência de nós no mundo.
Saber distinguir o que deve ser analisado e o que pode ser relegado para plano secundário pressupõe um certo saber – saber viver, saber porque se vive, e saber escolher como se quer viver.
Aqui, chegamos ao cerne da questão que nos interessa especialmente: como viver!
Temos aqui, neste complexo, todas as hipóteses de enquadrar os nossos gostos pessoais e familiares.
Poder escolher casas alugadas ou compradas – vivendas, apartamentos para viver ou para trabalhar.
Enfim, centenas de opções com soluções de estruturas hoteleiras.
Podemos, inclusive, optar por combinar os esquemas básicos e actualizá-los, pelos anos fora, sem necessidade de mudar para outro lado.

- Bem… isto sim… foi inesperado!
.
.
.
Jacek Yerka
.
.
Disse  Giacomo Leopardi:  Saber é ver dentro de nós !
.
.

publicado por eva às 20:18

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Terça-feira, 22 de Julho de 2008

Reflexos e sombras

Cores, reflexos e sombras rodeiam-nos onde estivermos.
Se quisermos ser atentos, podemos ver com os olhos do ser total que somos.
Todos nós podemos sintonizar e projectar mais alto, cada vez em dimensões mais elevadas de consciência.
E então verificamos que as nossas preocupações são como formigas esparsas na enorme estrada da nossa vida.
E podemos ver também que esta vida não é nada comparada com o futuro a ser vivido por cada um de nós.
E… e…
- Já chega! Toma lá o lanche!
- Mãe, estava tão inspirado…
- No quê?
- Na letra para a música de ontem!
- Depois do lanche também é possível pensar em canções!
- As mães são todas assim?

.
.
.

Nicoletta Ceccoli

.
.

Disse  James Baldwin:  as crianças nunca se distinguiram muito por ouvir os adultos, mas nunca deixaram de imitá-los !
.
.


publicado por eva às 19:40

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds