Eva diz o que sonha (e não só) sem alinhamento a políticas ou crenças conformes às instituições que conhecemos. Momentos de leveza, felicidade ou inspiração para melhorar cada dia com bons pensamentos. Um texto, uma imagem... para todas as idades

. posts recentes

. Esta viagem chegou ao fim

. Tranquilidade e paz

. A cada um suas escolhas

. Quando os elementos se en...

. Ficar só

. Caminhos

. Ajudas

. Conviver

. Violetas

. Outro tipo de império pos...

. Famílias

. Modos de ver

. Há dias assim

. Emoções e relações

. Simbolismos

. Tudo tem importância

. Hábitos e mudanças

. Juventude em viver

. Olhares

. Dúvidas e perguntas

. Fátima, lugar de devoção

. Coisas bonitas que alegra...

. Estudantes e queima das f...

. O nosso planeta reflete o...

. Como as flores

. arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. links

Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Geralmente é assim!

Eles estão à conversa no muro do café, ali em frente.
- Ao tempo! É porque podem porque agora são reformados!
- Reformados do quê? Eram agricultores e continuam a ser agricultores!
- Olhem, isso já não sei, ou melhor, do pouco que por acaso sei, só digo que se não fosse a quintinha, não tinham para comer!
- Isso sim! Até trocam os produtos entre eles para não comerem sempre o mesmo! - O que eles comem sempre é um prato de sopa e um bocado de pão!
- A felicidade deles é quando vêem os netos! Fazem companhia e entendem-se perfeitamente!
- Aí está a diferença maior entre gerações e não faz diferença nenhuma. E por vezes as gerações mais próximas, essas sim… são um problema!
- Lá estão eles a dividir as alfaces, batatas, limões, etc.
- Já viste a simplicidade?
- Geralmente é assim! Quem precisa, não reclama! E quanto mais se padece, mais silencioso fica!
.
.
.
Fotografia de Oshin D. Zakarian
.
.
Disse  Oscar Wilde :  O pessimista é uma pessoa que, podendo escolher entre dois males, prefere ambos !
.
.

publicado por eva às 08:25

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Domingo, 30 de Março de 2008

Vitorino Nemésio # Verbo e Abismo

.
Já da vaga vocálica dependo
Como a alga que a onda leva à areia:
Mas eu mesmo, que a digo, mal entendo
A voz que clama a minha vida e a enleia.

Se intervenho no som gratuito, ofendo
Seu sentido secreto e íntima cheia:
Transtornado por ela, emendo, emendo,
E é ela que me absorve e senhoreia.

Verbo ao abismo idêntico, toado
Sobre os traços de fogo que precedem
A presença de Deus no monte irado,

Ao teu sopro de amor as vozes cedem
O que a morte decifra e restitui
Ao espírito liberto do que fui.
.

.
In “O Verbo e a Morte”
1959, Livraria Morais Editora
.
.
Disse  Fernando Pessoa :  o poeta vale aquilo que vale o seu melhor poema !
.
.

publicado por eva às 18:52

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |  O que é?

Sábado, 29 de Março de 2008

O grito

É uma espécie de bolha de ar que sobe. Mas não sobe, afinal agora desce!
Depois parece subir outra vez. E outra… e outra…
Finalmente conseguiu subir. Vem do fundo, da zona do umbigo até à garganta.
E pronto… finalmente o soluço! Mas não é um soluço do estômago. É um soluço de choro. Do choro que se trava e tenta paralisar.
Os olhos aguentam as lágrimas… e a garganta faz descer a bolha de ar. E o choro aguenta-se outra vez!
Mas, não sei do quê, se do ar frio na cara, se das flores que oscilam entre a folhagem, se daquele gatito ali no muro… de repente não é mais um soluço!
É um grito, um grito que estremece tudo à sua volta, como uma onda de choque e as lágrimas caem, logo de seguida, em torrente.
Olha, é tudo ilusão! Na realidade, olhando ao espelho, só os olhos estão diferentes.
Foi tudo lá dentro… tão fundo… solitário!
.
.
.
Hadidjah Shortridge
.
.
Disse  Miguel de Unamuno :  O solitário leva uma sociedade inteira dentro de si !
.
.

publicado por eva às 23:58

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Sexta-feira, 28 de Março de 2008

O gato

A senhora vivia sozinha há já muitos anos e, nessa solidão, ficou com um gato.
A dedicação era grande entre um e outro e o gato fazia-lhe muita companhia.
Um dia, sem mais nem ontem, a senhora caiu no chão e não se levantou.
A vizinha ouviu um barulho e como não a ouviu mais nem a viu nos horários dos encontros costumeiros, resolveu ir bater à porta.
Ninguém respondeu, telefonou para a filha e, mais que tarde, foi chamada a ambulância.
A senhora acabou por recuperar o possível, mas está impossibilitada de cuidar de si mesma; tornou-se dependente.
O gato, entretanto na casa vazia,  ficou sem comer nem beber dias e dias. Finalmente a vizinha lembrou-se dele.  A filha já resolveu o «problema» e vai dá-lo a quem o cuide.
A senhora está à espera de vaga para ir para um lar.
Vai chorando baixinho, muito calada e solitária. Não se lembra dela nem de ter perdido a casa ou a independência.
Chora pelo gato - se o trataram bem e sente-se ingrata por não lhe devolver tudo o que ele lhe deu: companhia e alegria; o que ninguém lhe dá!

.
.
.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Mark Twain :  o homem é o único animal que cora - ou que precisa de o fazer ! 
.
.

publicado por eva às 08:30

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?

Quinta-feira, 27 de Março de 2008

Estar bem

Todos juntos numa sala a ver televisão. E são muitos, todos aconchegados em mantas.
Muitas visitas, muitos doces e cheirinho a quentes - chás, leites e chocolates. Enfim, um "apetece ficar" que não pode ser muito demorado, porque a tarde ainda tem que render muito trabalhinho.
Lá fora vão passando rulotes e caravanas em fila - é verdade, este fim de semana é prolongado para muitos.
Para estes outros, muitos também, o tempo é de estarem juntos a conversar, a lanchar e a ver televisão. Ah, lá ao fundo joga-se uma partida de xadrez.
Às vezes não é preciso ir longe para se ficar bem.
Estamos bem onde está bem o nosso coração, não é?

.
.

.

Imagem retirada da net
.

.
Disse  Fernando Pessoa :  o homem não sabe mais do que os outros animais; sabe menos. Eles sabem o que precisam saber. Nós não !
.
.


publicado por eva às 08:42

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?

Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Horários

Almoços combinados, geralmente festivos ou de trabalho.
Nos dias, chamados úteis, estes almoços são rápidos e, ao mesmo tempo, tratam de tudo o que é necessário tratar.
Os dias úteis, no entanto, já não são os de 2ª a 6ª, porque com os horários de trabalho desdobrado, todos os dias, incluindo feriados e noites, são úteis porque todos são de trabalho.
Cada vez mais os tempos de trabalho são mais prolongados sem que os ordenados sejam maiores pois, pelo contrário, há mais gente trabalhadora a rodar mas em horário menor e sem intervalos; são horários seguidos.
Enfim, tudo está sempre a mudar, tanto na sociedade como em nós próprios. 
Entretanto o almoço chegou ao fim e, nas despedidas, começou a chover.
Noutro lado, perto de casa, parou de pingar.
Com este clima é aconselhável o chapéuzinho e o protector solar porque ora chove ora se faz sentir o calor forte do sol.
.
.

.
Imagem retirada da net
.
.
Disse  Albert Einstein:  para ser membro imaculado de um rebanho de ovelhas, é preciso, acima de tudo, ser uma ovelha !
.
.

publicado por eva às 11:32

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Terça-feira, 25 de Março de 2008

Confusão

O corpo, por vezes, dá a sensação de não ser nada, de não valer nada!
Não se trata de doer aqui ou ali, trata-se de ser um mal-estar geral.
Daqueles mal-sentir que nem se sabe se é do corpo ou do ar que o rodeia, ou do sofá, ou do quarto...
É um arfar descoroçoado sem ser falta de ar. É uma confusão mental em que não se distingue o sonho do pesadelo. E se abrir os olhos, pior, porque afinal está ali mesmo, onde já estava há uma hora atrás... Onde estava desde o almoço... Exactamente ali!
- Adormeceu?
- Eu? Não! Porque haveria de ter adormecido? Não tenho os olhos abertos?
- Agora tem, mas há bocadinho não tinha. Trouxe uma manta para não lhe arrefecerem as pernas.
- Ah, pois está melhor, está! Obrigado!
.
.
 .
Henri Rousseau
.
.
Disse Platão : Mau, na verdade, é o amante vulgar que prefere o corpo ao espírito, pois o seu amor não é duradouro por não se dirigir àquilo que perdura !
.
.

publicado por eva às 20:48

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
 O que é? |  O que é?

Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Sensações

"Chove chuva" e, por qualquer razão, lembro-me sempre do filme do Bambi a olhar espantado para a primeira chuva da sua vida.
A natureza, naquele género de filmes, é retratada na sua beleza e esplendor.
A chuva lava tudo, mas também encharca tudo.
- Tudo, menos as ideias, por isso posso continuar a trabalhar - mentalmente.
- Pois! Os trabalhos que exigem mais esforço físico, no exterior, nestes dias não valem nada. Nada, nadinha! As árvores não se podem tratar e a terra não se pode mexer, porque a chuva não deixa assentar nada.
- Mas dá para preparar aqueles cozinhados bem cheirosos.
- Sim, sim, vou já assar os chouriços e ver se o pão ainda está quente.
- E eu vou fechar a porta, senão como posso concentrar a mente, com a casa a cheirar a petisco?
- Sempre ouvi dizer que trabalho é trabalho...
- Sim, mas a pessoa ainda sofre emoções.
- Ahhh! Pois sofre, sofre! Mas também é verdade que deve pensar com o coração - educadamente!
.
.
 
Georges Braque
.
.
Disse  Mahatma Gandhi :  vive de forma mais simples de modo que os outros possam simplesmente viver !
.
.

publicado por eva às 14:02

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Desafio?

.
A semana passada, a Coffee Cup lançou-me um desafio a que não pude responder na altura.
Mas, além do mais, não querendo desmerecer da amabilidade, respondo agora.
.
- O que me levou a criar um blog?
Sonho e gosto de sonhar. Como diz Allan Poe, aqueles que sonham de dia sabem muitas coisas que escapam àqueles que só sonham de noite. E tendo resolvido fazer uma espécie de diário, entendi fazê-lo desta forma, partilhando estes momentos. Umas vezes serão mais claros, outras vezes serão mais densos ou até menos esclarecidos. Mas os sonhos (e não só) são mesmo assim...
.
- Que procuro no blog que me desafiou?
Uma jovialidade envolta num excelente domínio da língua, e agora adornado com umas magníficas joanices, transmitida com muito bom gosto. E porque o saber não ocupa lugar!
.
- A quem lanço o desafio e porque os leio?
Bem, direi porque leio alguns daqueles a quem gostaria de lançar o desafio
.
1) Origens: Encontrar um artesão que nos brinda com um ócio bem vivido e inteligente não é para todos os dias! Salut!
.
2) Poetaporkedeusker: Também não é todos os dias que encontramos uma poetisa da qualidade desta "poeta". Ainda para mais, quando nos identificamos com muita da sua visão do mundo.
.
3) Vivências: Sensibilidade e bom-senso! É toda uma atmosfera que se partilha: de carinho, de ternura... de procurar estar de bem com o mundo...
.
E apesar de me apetecer listar todas as ligações que tenho listadas, opto por estas.
Um abraço agradecido para todos os blogs que gosto de visitar.
Obrigada!
.
.

publicado por eva às 09:42

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?

Domingo, 23 de Março de 2008

Vitorino Nemésio # Relações de Incerteza

.
...................I

É esse o desejado coração,
A paz de folhas em branco?
Mas abro a palma da mão
E é como se fosse manco.
Tudo pergunto em decúbito,
Como um ensaio de morto:
Sinto-me vão de súbito,
Navio longe do porto.
Talvez, mudando o ritmo à vela, expanda
As moléculas ácidas que me tolhem.
A minha vida não anda.
Chove. As aves recolhem.
O céu é um cogumelo radioactivo,
O mar petróleo sem peixes.
Homem, eu, de ti cativo,
Só te peço que me deixes!
Guarda-me em pó, electrifica-me,
Trata-me a equação provável:
Sou o teu gás de sonho – quantifica-me,
Homem, mais que o fumo, instável.
No dia, no dia (digo)
Entrópico, falaremos:
Espera-nos a morte
Na última bolha fria
Da caldeira estoirada,
No positrão oriundo de um urânio exaurido,
Com orbe, coração e o dizê-lo – perdido.
.
........................II
.
Em todo o caso, em todo o caso,
Ainda um talvez,
Como em Boltzmann e Gibbs a vastos formalismos:
Uma poeira astral era uma vez
E foi-se pelo y dos abismos.
Mas logo outra galáxia calculada
O vermelho longínquo condensou.
Eu digo por hipótese: Do nada,
Deus, que é cálculo e amor, tudo tirou.
Que eu, se pudesse, ao giz pedia apenas,
Além da cal mortuária, o α carbónico
De um homem novo:
O meu filho electrónico,
Aliviado das minhas penas.
Mas, pra milagre tal, que é dele, o ovo?

.
in "Limite de Idade"
Estúdios Cor, 1972
.
.
Disse  Rabidranath Tagore :  cada criança que nasce traz consigo a mensagem de que Deus ainda não perdeu a fé no homem ! 
.
.
(α = alfa. Primeira letra dos alfabetos grego e siríaco.     Usa-se para designar o princípio, o início)
.
.

publicado por eva às 15:41

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

. ESCRITOS de EVA

Bem vindos! Namastê!

. Reflexão

Aquilo que pensas ser o cume é apenas mais um degrau - Séneca

. mais sobre mim

. Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


. pesquisar

 

. links

. Alguns favoritos (mais em Ver Perfil)

. A Casa do Passal - Cabana...

. Aristides de Sousa Mendes...

. Maria João Brito de Sousa...

. Sophia de Mello Breyner A...

. Mercedes Sosa

. Jalal Rumi # A evolução d...

. Cecília Meireles # A arte...

. Cecília Meireles # Cântic...

. Teilhard de Chardin # O M...

. Natália Correia # Ó Véspe...

. tags

. todas as tags

. Simpatias recebidas

@@@@@@@@@@@@@@@ Campanha da Amizade, amizade de Aida Nuno @@@@@@@@@@@@@@@ É um blog muito bom, sim senhora! , amizade de Coffee Cup @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Dardos, amizade de Lady Magenta, poetaporkedeusker, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Blog de Ouro, amizade de poetaporkedeusker, Maria José Rijo, Velucia @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Magic Blog, amizade de Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Seu Blog tem Néctar, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Mimo Samoga, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Prémio Medalha de Ouro, amizade de poetaporkedeusker @@@@@@@@@@@@@@@ Selo Best Blog, amizade de Alice Alfazema
blogs SAPO

. subscrever feeds